São João do Itaperiú

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de São João do Itaperiú
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 29 de março de 1992 (24 anos)
Gentílico itaperiuense
Prefeito(a) Rovâni Delmonego (PSD)
(2013–2016)
Localização
Localização de São João do Itaperiú
Localização de São João do Itaperiú em Santa Catarina
São João do Itaperiú está localizado em: Brasil
São João do Itaperiú
Localização de São João do Itaperiú no Brasil
26° 37' 04" S 48° 46' 04" O26° 37' 04" S 48° 46' 04" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Vale do Itajaí IBGE/2008[1]
Microrregião Itajaí IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Araquari, Barra Velha, Guaramirim, Luiz Alves e Massaranduba
Distância até a capital 145 km
Características geográficas
Área 151,926 km² [2]
População 3 438 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 22,63 hab./km²
Altitude 13 m
Clima mesotérmico úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,738 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 49 569,030 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 14 561,99 IBGE/2008[5]
Página oficial

São João do Itaperiú é um município brasileiro do Estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 26º37'04" sul e a uma longitude 48º46'05" oeste, estando a uma altitude de 13 metros. Possui uma área de 151,42 km², fazendo divisa com os municípios de Araquari, Barra Velha, Guaramirim, Luiz Alves e Massaranduba[6] . Localiza-se próximo ao litoral, em meio a grandes cidades e centros econômicos do Norte Catarinense e Vale do Itajaí, como Joinville, Jaraguá do Sul, Blumenau e Itajaí. Próximo aos quatro grandes portos de Itajaí, Itapoá, Navegantes e São Francisco do Sul; e dos aeroportos de Joinville e Navegantes. Seu principal acesso é a Rodovia SC 415, que corta o município ligando Barra Velha à Massaranduba[7] . Sua população estimada em 2015 era de 3.634 habitantes[8] .

Fundação: 29 de março de 1992, desmembrando-se do município de Barra Velha.

Datas festivas: 29 de março (aniversário da cidade) e 24 de junho (dia de São João Batista, padroeiro do município).

Principal atividade econômica: agropecuária.

Colonização/Principais etnias: Açoriana, Italiana, Alemã e Polonesa.

Clima: mesotérmico úmido, com verão quente e temperatura média de 20,3°C.

O município é dividido na maior parte por pequenas e médias propriedades, onde se cultiva na maioria banana e arroz, tendo destaque também a extração de madeira e a produção de farinha. A cidade possui dois grandes frigoríficos. Apesar das belezas naturais do município, não existe nenhum projeto para o desenvolvimento turístico.

História[editar | editar código-fonte]

As terras onde hoje se localiza o município de São João do Itaperiú eram habitadas por índios Guaranis. Nessa região passava um caminho utilizado pelos índios ao se deslocarem do interior do continente até a costa, denominado Peabiru. Itaperiú é uma palavra de origem tupi guarani e era utilizada pelos índios ao se referirem ao rio que banha o lugar[9] . Segundo o dicionário tupi, Itaperiú significa "cabeça de pedra".

Ainda antes de 1840 já se encontravam pessoas instaladas na região do Itaperiú, em pequena quantidade, próximo a margem do rio Itapocú. Os primeiros povoadores foram descendentes dos açorianos que imigraram para Santa Catarina entre 1748 e 1756, que chegaram na localidade do Itaperiú em maior quantidade a partir de 1880, oriundos principalmente de Penha, Itajaí, Camboriú e Porto Belo. Esses primeiros moradores formaram a localidade do Itaperiú nas margens do Rio Itaperiú e do rio São João[10] .

Já no início do século XX, chegaram os primeiros italianos, vindos principalmente da vizinha Luiz Alves. Na região do Centro do atual município, estabeleceu-se um italiano chamado João Baptista Dal Ri. João Baptista doou o terreno onde hoje se localiza a Igreja Matriz de São João Batista e o cemitério e em 1916 instalou na primeira capela construída no local, a imagem de São João Batista que está há 100 anos na igreja. A localidade passou então a ser associada ao rio e ao Santo, passando a ser chamada de São João do Itaperiú.

Já na metade do século XX a localidade passou a receber descendentes de alemães e poloneses vindos principalmente das vizinhas Massaranduba e Luiz Alves[11] . No fim do século XX e início do século XXI o município passou a receber dezenas de migrantes do estado do Paraná, porém são poucas as famílias de paranaenses que se estabeleceram definitivamente no município.

Saiba mais sobre a história do município: Memória Itaperiuense

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  6. «IBGE». 
  7. «Memória Itaperiuense». 
  8. «IBGE». 
  9. «Memória Itaperiuense». 
  10. «Memória Itaperiuense». 
  11. «Memória Itaperiuense». 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.