Sabão Azul e Branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde novembro de 2015)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Sabão Azul e Branco.

O Sabão Azul e Branco, também conhecido como Sabão Offenbach, é um sabão português, produzido desde 1850.

Composição[editar | editar código-fonte]

O produto é composto por gordura saponificada, água e silicatos. Comparável ao Sabão de Marselha, mas de coloração diferente, azul ou rosa, é fabricado em barras com o peso de 400 gramas e de 1500 gramas.

Utilização[editar | editar código-fonte]

Sendo mais eficaz que o sabonete corrente, antigamente, este sabão era usado para desinfectar blocos operatórios e algumas pessoas utilizam-no ainda para higiene pessoal.

Tem melhor desempenho na lavagem da roupa, pelo que popularmente é utilizado na lavagem de roupas nos tanques, tapetes e o chão.

No caso de indivíduos com reacções alérgicas a detergentes há referências do uso de Sabão Azul e Branco com sucesso, evitando assim reacções dermatológicas.

Mito[editar | editar código-fonte]

Ao sabão azul e branco é atribuída a fama de que é bom contra a queda de cabelo. É verdade. A alcalinidade do sabão melhora o estado de cabelo. Mas é óptima para desinfetar e remover sujidade da pele, dos utensílios, roupas e superfícies laváveis. A espuma do sabão pode substituir o creme de barbear. Este sabão pode ser um produto de baixo custo para a higiene e limpeza.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.