The Swingle Singers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
The Swingle Singers
The Swingle Singers em 1964.
Informação geral
Origem Paris
País  França
Gênero(s)
Período em atividade 1962–presente
Gravadora(s)
Afiliação(ões) Modern Jazz Quartet
Integrantes Sara Davey
Kevin Fox
Joanna Goldsmith-Eteson
Oliver Griffiths
Edward Randell
Jon Smith
Clare Wheeler
Ex-integrantes Ward Swingle
Jean-Claude Briodin
Jeanette Baucomont
Jean Cussac
Anne Germain
Claude Germaine
Simon Grant
Christiane Legrand
Claudine Meunier
Jonathan Rathbone
Olive Simpson
Página oficial «www.TheSwingles.co.uk» 
Os Swingles no Black Forest Voices Festival em Kirchzarten (Alemanha) em 29 de junho de 2019

The Swingle Singers é um grupo musical fundado em Paris, na França, em 1962. Inicialmente, trabalhavam como backing vocals de artistas como Edith Piaf e Charles Aznavour.[1] Em seus trabalhos, incorporam a música clássica e o jazz, sendo que ao longo do meio século de existência tenha passado por diversas formações.[2] Entre os feitos acumulados, encontram-se cinco estatuetas do Grammy Awards — incluindo o de Artista Revelação em 1964.[3][4] O primeiro disco do grupo, Bach's Greatest Hits (1963), com obras de Johann Sebastian Bach, chegou à décima quinta posição na Billboard 200 dos Estados Unidos.[5]

Referências

  1. «Ward Swingle, musician who made Bach swing, dies at 87». The Washington Post. Consultado em 10 de julho de 2018 
  2. «Swingle Singers exibe som 'microfônico'». Folha de S. Paulo. Consultado em 10 de julho de 2018 
  3. «Ward Swingle, Who Made Classical Music Jazzy, Dies at 87». The New York Times. Consultado em 10 de julho de 2018 
  4. «Whatever happened to Grammy's Best New Artists?». CBS News. Consultado em 10 de julho de 2018 
  5. «The Swingle Singers - Chart History» (em inglês). Billboard. Consultado em 10 de julho de 2018 
Crystal Clear app kguitar.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.