Tibério Barbosa Nunes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tibério Nunes
Tibério Nunes
Deputado estadual pelo  Piauí
Período 1955-1959
Vice-governador do  Piauí
Período 1959-1962
Governador do  Piauí
Período 1962-1963
Prefeito de Floriano
Período 1967-1971
Dados pessoais
Nascimento 18 de setembro de 1922
Oeiras
Morte 19 de julho de 1974 (51 anos)
Brasília
Primeira-dama Ieda Nunes
Partido UDN, ARENA
Profissão Médico, jornalista

Tibério Barbosa Nunes (Oeiras, 18 de setembro de 1922Jardim do Mulato, 19 de julho de 1974)[1] foi um médico, jornalista e político brasileiro que assumiu o governo do Piauí (1962-1963) após a renúncia de Chagas Rodrigues.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Benedito de Moura Nunes e de Maria Benedita de Moura Nunes. Conhecido pelo apelido de "Tiberão de Aço", foi eleito deputado estadual pela UDN em 1954[2] e pela mesma legenda foi eleito vice-governador em 1958 na chapa de Chagas Rodrigues,[3] assumindo o governo do Piauí no segundo semestre de 1962 após a renúncia do titular e governou pelos seis meses seguintes,[4] sendo nomeado conselheiro do Tribunal de Contas por Petrônio Portela, seu sucessor. Filiado à ARENA, foi eleito prefeito de Floriano em 1966.

Sua árvore genealógica o aponta como primo de Petrônio Portela, Helvídio Nunes, Lucídio Portela e Elói Portela.[5]

Faleceu vítima de um acidente automobilístico e em sua homenagem existe em Floriano o Estádio Tibério Barbosa Nunes.

Referência bibliográfica[editar | editar código-fonte]

BASTOS, Cláudio de Albuquerque. Dicionário Histórico e Geográfico do Estado do Piauí. Teresina; FCMC/PMT, 1994.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. À época de seu falecimento a referida cidade era um povoado de Regeneração.
  2. «Banco de dados do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí». Consultado em 8 de maio de 2012. 
  3. «Eleições para vice-governador segundo o banco de dados da UERJ». Consultado em 8 de maio de 2012. 
  4. Governou de 3 de julho de 1962 a 25 de janeiro de 1963.
  5. Projeto de Freitas Neto fracassa no Piauí (online). Folha de S. Paulo, 10/04/1998. Página visitada em 8 de maio de 2012.
Rua Tibério Nunes, em Teresina.


Precedido por
Francisco de Castro
Vice-governador do Piauí
1959 — 1962
Sucedido por
João Clímaco d'Almeida
Precedido por
Chagas Rodrigues
Governador do Piauí
1962 — 1963
Sucedido por
Petrônio Portela
Precedido por
Hermes Pacheco
Prefeito de Floriano
1967 — 1971
Sucedido por
Bruno dos Santos