Amenorreia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Amenorreia
Classificação e recursos externos
CID-10 N91.0-N91.2
CID-9 626.0
DiseasesDB 14843
MeSH D000568
Star of life caution.svg Aviso médico

Amenorreia significa ausência de menstruação.

Pode ser classificada em primária ou secundária. A Amenorréia primária define a ausência de menarca e a amenorréia secundária se dá por falta de menstruação por 3 ciclos consecutivos ou 6 meses em mulheres que já apresentaram ciclo normal . As amenorréias, tanto primária quanto secundária, necessitam avaliação médica. Seu médico saberá o momento em que deve ser iniciada essa investigação.

Em pacientes que já apresentaram menstruações, muitas vezes não é necessário aguardar 3 meses para que se realize a investigação e o tratamento da amenorréia. A maioria das mulheres procura o seu médico quando a menstruação atrasa alguns poucos dias. A investigação do atraso menstrual e da amenorréia secundária é semelhante.

Em mulheres com vida sexual ativa e em idade reprodutiva a causa mais comum de amenorréia (e de atraso menstrual) é a gravidez.

Podem acontecer devido a várias causas, como por exemplo a utilização de fármacos, gravidez, stress, tumores no sistema nervoso central (ex. tumor hipersecretante prolactina). Também há a informação de que mulheres atletas tendem a ter amenorréia numa frequência maior do que mulheres que não praticam esportes.

O tratamento da amenorréia pode ser feito com base na hormonoterapia no caso de disfunção ou ausência dos ovários e menopausa. Os medicamentos usados nesse caso são normalmente à base de estrogênios e/ou progestagênios. Tratamentos não hormonais são indicados em pacientes com amenorréia devido a super produção de prolactina ou outras causas, como psicológica. Nesses casos, pode-se indicar a psicoterapia ou medicamentos que redução a produção de prolactina.[1]

Notas

  1. Amenorréia www.criasaude.com.br.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • boasaude.uol.com.br; Dolores P. Pardini: "Alterações Hormonais da Mulher Atleta" publicado nos Arq Bras Endocrinol Metab vol.45 no.4 São Paulo Aug. 2001.