Anexo:Lista de prefeitos de Porto Alegre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paço Municipal de Porto Alegre, sede da administração

Esta é uma lista dos prefeitos de Porto Alegre (Rio Grande do Sul, Brasil).

Ao longo da história, a cadeira de chefe da administração municipal de Porto Alegre foi ocupada por administradores, intendentes e prefeitos. O cargo existe desde 1890, um ano após a Proclamação da República.

Nessa época, Porto Alegre era administrada pela Câmara Municipal. O órgão era formado por oito vereadores: João Antunes da Cunha Neto (Presidente), João da Mata Coelho, Rafael Gonçalves Ventura, Guilherme Shell, José Domingos da Costa, Bibiano Dias de Castro, Felicíssimo Manoel de Azevedo e Antônio da Azevedo Lima. Tão logo instaurou-se a república, os vereadores não identificados com o regime abandonaram seus cargos.[1]

A Constituição de 1891 passou aos governos estaduais a incumbência de definir o formato das administrações municipais.[2] Dessa forma, a constituição estadual foi alterada. O novo texto transformou a Câmara Municipal em Conselho Municipal, que seria ocupada por conselheiros eleitos pela população. Tomaram posse os seguintes cidadãos: Domingos de Souza Brito (Presidente), Gonçalo Henrique de Carvalho (Secretário), Domingos Martins Pereira e Souza, João Pimentel, Joaquim José da Silva Filho, Antônio Gomes de Carvalho e Rafael Gomes Ventura.[3]

De 1890 até outubro de 1892, o comando de Porto Alegre foi realizado por integrantes do Conselho Municipal. A partir dessa data, a chefia da administração pública ganhou um cargo próprio: o intendente. O primeiro eleito para a função foi Alfredo Augusto de Azevedo, que comandava o Conselho nesse período. [4] O Governo Municipal do Intendente era composto pela própria figura do intendente, o vice, assessores e sub-intendentes, um para cada distrito da cidade, além do Conselho Municipal. [5]

Com a Revolução de 1930, as intendências foram substituídas pelas prefeituras, os intendentes pelos prefeitos e os conselhos municipais pelas câmaras municipais.

Nome Mandato Partido Observações
Início Fim
Felicíssimo Manuel de Azevedo 22 de janeiro de 1890 21 de novembro de 1891 Membro do primeiro Conselho Municipal, formado logo após a Proclamação da República, foi o primeiro administrador municipal a receber salário.
João Damata Coelho 21 de novembro de 1891 11 de junho de 1892 Membro do Conselho Municipal, comandou a administração municipal por sete meses.
José Domingues da Costa 11 de junho de 1892 29 de junho de 1892 Membro do Conselho Municipal, comandou a administração municipal por 18 dias.
Domingos de Souza Brito 29 de junho de 1892 12 de outubro de 1892 Membro do Conselho Municipal, comandou a administração municipal por quatro meses.
Alfredo Augusto de Azevedo 12 de outubro de 1892 3 de janeiro de 1896 Eleito como Intendente, nova nomenclatura dada ao administrador municipal. A denominação do cargo permaneceu dessa forma até 1930.
João Luís de Farias Santos 3 de janeiro de 1896 15 de outubro de 1896
Cherubim Febeliano da Costa 15 de outubro de 1896 15 de março de 1897
José Montaury 15 de março de 1897 15 de outubro de 1924 PRR Ficou no cargo por 27 anos consecutivos. Foi eleito por voto direto em todas os sete mandatos. Em cinco deles, foi o único candidato a concorrer.
Otávio Rocha 15 de outubro de 1924 27 de fevereiro de 1928 PRR
Alberto Bins 27 de fevereiro de 1928 22 de outubro de 1937 PRR Com a Revolução de 1930, foi mantido no cargo por mais sete anos pelo interventor estadual Flores da Cunha. Durante seus mandatos, teve a nomenclatura de seu cargo modificado de Intendente para Prefeito.
José Loureiro da Silva 22 de outubro de 1937 15 de setembro de 1943 Nomeado ao cargo. Já havia atuado como prefeito do muicípio de Gravataí entre 1931 e 1933.
Antônio Brochado da Rocha 15 de setembro de 1943 14 de maio de 1945 Nomeado ao cargo.
Clóvis Pestana 14 de maio de 1945 6 de novembro de 1945 Nomeado ao cargo.
Ivo Wolf 6 de novembro de 1945 21 de fevereiro de 1946 Nomeado ao cargo.
Egídio Soares da Costa 21 de fevereiro de 1946 19 de novembro de 1946 Nomeado ao cargo.
Conrado Rigel Ferrari 19 de novembro de 1946 27 de março de 1947 Nomeado ao cargo.
Gabriel Pedro Moacyr 27 de março de 1947 15 de julho de 1948 Nomeado ao cargo.
Ildo Meneghetti 15 de julho de 1948 1º de fevereiro de 1951 PSD Nomeado ao cargo.
Eliseu Paglioli 1º de fevereiro de 1951 17 de novembro de 1951 Nomeado ao cargo. Pediu exoneração 11 meses depois.
José Antônio Aranha 17 de novembro de 1951 1º de janeiro de 1952 Eleito por voto indireto.
Ildo Meneghetti 1º de janeiro de 1952 3 de julho de 1954 PSD Deixou a prefeitura para concorrer ao governo estadual.
Lindolfo Bohel 3 de julho de 1954 13 de setembro de 1954 UDN Eleito por voto indireto.
Manoel Osório da Rosa 13 de setembro de 1954 31 de janeiro de 1955 Eleito por voto indireto.
Manuel Sarmanho Vargas 31 de janeiro de 1955 3 de outubro de 1955
Martim Aranha 3 de outubro de 1955 1º de janeiro de 1956 Eleito por voto indireto.
Leonel Brizola 1º de janeiro de 1956 29 de dezembro de 1958 PTB
Tristão Sucupira Vianna 29 de dezembro de 1958 1º de janeiro de 1960 PTB
José Loureiro da Silva 1º de janeiro de 1960 1º de janeiro de 1964 PDC
Sereno Chaise 1 de janeiro de 1964 8 de maio de 1964 PTB Governou até o golpe de 64. Preso, foi solto no dia seguinte, permanecendo no cargo até 8 de maio do mesmo ano, quando foi cassado.
Célio Marques Fernandes 9 de maio de 1964 13 de abril de 1965 ARENA Eleito por voto indireto.
Renato Souza 13 de abril de 1965 9 de junho de 1965 PMB Eleito por voto indireto.
Célio Marques Fernandes 9 de junho de 1965 31 de março de 1969 ARENA Foi reconduzido ao cargo após decisão STF. Célio teve o seu primeiro mandato interrompido em abril de 1965, quando a Câmara de Vereadores elegeu o vereador Renato Sousa para prefeito.
Telmo Thompson Flores 31 de março de 1969 8 de abril de 1975 ARENA Nomeado ao cargo.
Guilherme Socias Villela 8 de abril de 1975 8 de abril de 1983 ARENA Eleito por voto indireto.
João Antônio Dib 8 de abril de 1983 1º de janeiro de 1986 PDS Eleito por voto indireto. Foi o último prefeito a ser nomeado ou ter seu nome votado entre as lideranças políticas.
Alceu Collares 1º de janeiro de 1986 1º de janeiro de 1989 PDT
Olívio Dutra 1º de janeiro de 1989 1º de janeiro de 1993 PT
Tarso Genro 1º de janeiro de 1993 1º de janeiro de 1997 PT
Raul Pont 1º de janeiro de 1997 1º de janeiro de 2001 PT
Tarso Genro 1º de janeiro de 2001 4 de abril de 2002 PT Deixou o cargo após 1 ano e 4 meses de mandato para concorrer ao governo estadual.
João Verle 4 de abril de 2002 1º de janeiro de 2005 PT
José Fogaça 1º de janeiro de 2005 1º de janeiro de 2009 PPS
José Fogaça 1º de janeiro de 2009 30 de março de 2010 PMDB Deixou o cargo após 1 ano e 3 meses de mandato para concorrer ao governo estadual.
José Fortunati 30 de março de 2010 1º de janeiro de 2013 PDT
José Fortunati 1º de janeiro de 2013 Atualmente PDT

Referências

  1. Site da Câmara Municipal de Porto Alegre. Disponível em: <http://www2.camarapoa.rs.gov.br/default.php?p_secao=118. Acesso em: 1 out. 2012.
  2. MUNICÍPIO. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2012. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Munic%C3%ADpio&oldid=32159081>. Acesso em: 1 out. 2012.
  3. Site da Câmara Municipal de Porto Alegre. Disponível em: <http://www2.camarapoa.rs.gov.br/default.php?p_secao=118. Acesso em: 1 out. 2012.
  4. Site da Câmara Municipal de Porto Alegre. Disponível em: <http://www2.camarapoa.rs.gov.br/default.php?p_secao=118. Acesso em: 1 out. 2012.
  5. BAKOS, Margaret Marchiori. Porto Alegre e seus eternos intendentes. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1996. 218p.