Anundo Gårdske da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Anundo Gårdske foi rei da Suécia de aproximadamente 1070 a 1075.

Desconhece-se seu nome real, pois Anundo era um sobrenome com que os suecos dessa época chamavam uma pessoa cujo nome era difícil de ser pronunciado (Anundo Jacó, por exemplo), e a palavra Gårdske mostra que o rei era de Gardariki, nome que os escandinavos usam para se referir ao Principado de KievAcredita-se que Anundo Gårdske vivia na Rússia. Entretanto, ele pertencia a família Munsö, que havia reinado em Uppsala (família de Érico, o Vitorioso).

Quando o rei Alsteno foi deposto do trono da Suécia, os suecos ofereceram a Coroa a Anundo Gårdske, mas provavelmente esse nunca se dirigiu a Suécia para tomar posse do cargo. Em torno de 1075, os suecos o depuseram e nomearam em seu lugar Haquino, o Vermelho. Não se sabe a data de seu falecimento.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
Alsteno I
Reis da Suécia
1070-1075
Sucedido por
Haquino I