Gustavo III da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Gustavo III
Rei da Suécia
Reinado 12 de fevereiro de 1771
a 29 de março de 1792
Coroação 29 de maio de 1772
Predecessor Adolfo Frederico
Sucessor Gustavo IV Adolfo
Esposa Sofia Madalena da Dinamarca
Descendência
Gustavo IV Adolfo da Suécia
Casa Holstein-Gottorp
Pai Adolfo Frederico da Suécia
Mãe Luísa Ulrica da Prússia
Nascimento 24 de janeiro de 1746
Estocolmo, Suécia
Morte 29 de março de 1792 (46 anos)
Estocolmo, Suécia
Enterro 13 de março de 1792
Riddarholmskyrkan, Estocolmo, Suécia
Religião Luteranismo

Gustavo III (Estocolmo, 24 de janeiro de 1746Estocolmo, 29 de março de 1792) foi o Rei da Suécia de 1771 até seu assassinato. Era o filho mais velho do rei Adolfo Frederico e da rainha Luísa Ulrica da Prússia.

Ele tomou o governo do parlamento em 1772 através de um golpe, encerrando a Era de Liberdade e entrando numa campanha para restaurar a autocracia real. Isso foi completado através do Decreto de União e Seguridade de 1789, que eliminou os últimos remanecentes do governo do Riksdag. Como defensor do despotismo esclarecido, Gustavo gastou grandes quantidades de dinheiro público em aventuras culturais, porém acabou colaborando para a controvérsia de seu reinado. Ele tentou tomar a Noruega com a ajuda da Rússia e depois recapturar províncias balcânicas em uma guerra contra a mesma Rússia, porém não foi bem sucedido, apesar de ter restaurado a força militar sueca. Admirador de Voltaire, o rei legalizou a presença católica e judia em seu reino e realizou amplas reformas para um liberalismo econômico, reforma social e abolição de tortura e pena de morte, apesar de ter eliminado todo tipo de mídia independente.

Precedido por
Adolfo Frederico
Rei da Suécia
1771 — 1792
Sucedido por
Gustavo IV Adolfo