Arquidiocese de Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Arquidiocese de Lima
Archidiœcesis Limana
Catedral de Lima.
Localização
País Peru
Dioceses Sufragâneas Diocese de Callao
Diocese de Carabayllo
Diocese de Chosica
Diocese de Huacho
Diocese de Ica
Diocese de Lurín
Prelazia de Yauyos
Estatísticas
Área 639 km² km²
Informação
Rito Romano
Criação da Diocese Século IV
Elevação a Arquidiocese 14 de maio de 1541
Padroeiro Toríbio de Mongrovejo
Nossa Senhora da Evangelização
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Juan Luis Cipriani
Contatos
Endereço Plaza de Armas s/n, Apartado 1512, Lima 100, Peru
tel. (01) 427-5980 fax. 427-1967
Página Oficial www.arzobispadodelima.org

A Arquidiocese de Lima (em latim Archidioecesis Limana) é encarregada de várias dioceses no Peru. É uma das mais antigas da América, estabelecida em 1541 como diocese e 1547 como arquidiocese .

História[editar | editar código-fonte]

A Arquidiocese de Lima, juntamente com as do México e de Santo Domingo, foi promovida ao posto de Arcebispado, em 16 de novembro de 1547, com o título de igreja metropolitana. Seu primeiro arcebispo foi o Frei dominicano Jerónimo de Loayza.

Originalmente, o arcebispo de Lima era responsável pela Arquidiocese de Lima e por outras dioceses do Vice-Reino do Peru, Cusco, Quito, Popayán, Tierra Firme, Nicarágua, Assunção, La Imperial, Santiago do Chile e Charcas. Em algum momento de sua história, chegou a ser a mais extensa do mundo. Em 1572, o Papa Pio V concedeu ao Arcebispo de Lima o título de sede primaz, tal título foi confirmado anos depois pelo então Papa Gregório XVI, em 1834, e também em 23 de maio de 1943 pelo Papa Pio XII.[1] As necessidades pastorais motivaram a descentralização sucessiva dos vastos territórios, originado várias dioceses.

A Catedral de Lima é consagrada em 19 de outubro de 1625 pelo Arcebispo Gonzalo de Campo. O terremoto de 28 de outubro de 1746 causou danos irreparáveis e alterou profundamente o projeto original. A nova basílica foi inaugurada em 29 de maio de 1755 na época do Arcebispo Pedro Antonio Barroeta y Ángel.

O Padroeiro da Arquidiocese de Lima é Santo Toribio de Mogrovejo, e da sede episcopal é Santa Rosa de Lima.

Referências

  1. "Reseña histórica de la arquidiócesis" (em Espanhol). Página visitada em 1 de fevereiro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]