Bom Retiro (bairro de São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bom Retiro
Bom Retiro Rua Amazonas.jpg
Bairro de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Dia Oficial: 10 de outubro
Imigração predominante:  Coreia do Sul Star of David.svg Israel
 Bolívia
Distrito: Bom Retiro
Subprefeitura:
Região Administrativa: Centro

Bom Retiro é um dos bairros do distrito do Bom Retiro, na região central da cidade de São Paulo.

É conhecido pelo seu comércio, por ser o local onde foi fundado o Sport Club Corinthians Paulista e por ser o bairro da torcida organizada e escola de samba Gaviões da Fiel. É também onde se localiza a escola de samba Tom Maior.

História[editar | editar código-fonte]

Seu nome se origina da "Chácara do Bom Retiro", uma das destinadas ao recreio das famílias ricas nos idos do século XIX, dentre elas a do marquês de Três Rios, Joaquim Egídio de Sousa Aranha, abastado fazendeiro campineiro, que por três vezes foi presidente da Província de São Paulo, onde ficava o Solar do Marquês, mais tarde sede da Escola Politécnica da USP, onde se hospedou a família imperial. No bairro resta o nome da Rua Três Rios. O Bom Retiro abrigou também o primeiro prédio no Brasil destinado à instalação de uma linha de montagem de automóveis, com a inauguração da fábrica da Ford do Brasil na Rua Solon em 1921. Esse prédio, que ainda existe, foi a sede da filial brasileira da Ford até 1953, quando esta mudou-se para uma fábrica maior (que foi recentemente demolida), no bairro de Vila Prudente.

No bairro situa-se a sede da escola de samba e torcida organizada Gaviões da Fiel, um campus da FATEC e o Museu de Arte Sacra de São Paulo.

Praça Coronel Fernando Prestes, localizada entre a Estação Tiradentes e a FATEC-SP

Geografia[editar | editar código-fonte]

O Bom Retiro é relativamente extenso e limita-se com os bairros de Santa Cecília, Santana, Ponte Grande, Ponte Pequena, Canindé, Pari, Luz e Campos Elíseos.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Possui duas estações de metrô: Tiradentes e Armênia.

Passam pelo bairro vias largas e movimentadas como: Avenida Tiradentes, Avenida do Estado e Avenida Santos Dumont.

Outros importantes logradouros são: Rua João Teodoro, Rua Ribeiro de Lima, Rua Três Rios e Rua José Paulino - esta última, importante reduto de comércio de roupas.[1]

Nele localiza-se a Defesa Civil do Município de São Paulo.[2]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Trata-se de um bairro multicultural, com pessoas de diversas origens, principalmente italianas, judaicas, gregas, coreanas e, mais recentemente, bolivianas.

Cerca de 70% do comércio local é administrado pelos coreanos. Boa parte do comércio se modernizou e hoje exibe vitrines dignas de figurar em endereços de alto padrão.[3]

Referências