Economia da Libéria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Guerra civil e o governo errôneo destruíram a maior parte da economia da Libéria, especialmente a infraestrutura dentro e fora da Monróvia. Muitos comerciantes deixaram o país, levando o capital e habilidades com eles. Alguns retornaram, muitos não irão. Ricamente dotada de água, recursos minerais, florestas, e um clima favorável à agricultura, a Libéria tem sido produtora e exportadora de produtos básicos – primariamente madeira e borracha. Manufaturas locais, principalmente estrangeiras, são pequenas. A saída do ex-presidente, Charles Taylor, para a Nigéria em agosto de 2003, o estabelecimento do Governo Nacional de Transição da Libéria (NTGL), e a chegada de uma missão da ONU são sinais encorajadores de que a crise política está terminando. A restauração da infraestrutura e aumento de rendas na economia dependem da implementação de políticas de macro e micro economias, incluindo o encorajamento de investimentos estrangeiros, e o apoio generoso de países doadores. O país teve um crescimento no PIB de 7,11% durante 2004, especialmente na indústria, a menor do mundo. (77% do PIB é agropecuário).


Flag-map of Liberia.svg Libéria
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens