Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde
Presidente Gabriele Zimmer
Fundação 06 de janeiro de 1995
Ideologia Socialismo-Democrático, Socialismo, Comunismo, Anti-capitalismo, Laicismo, Marxismo, Internacionalismo, Ecossocialismo
Site
http://www.guengl.eu/

O Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde ou GUE/NGL (GUE do francês Gauche Unitaire Européene; NGL do inglês Nordic Green Left) é um grupo parlamentar socialista e comunista do Parlamento Europeu, composto pelo Partido da Esquerda Europeia e pela Esquerda Nórdica Verde.

Posição[editar | editar código-fonte]

De acordo com a sua declaração constituinte de 1994, o grupo opõe-se à presente estrutura política europeia, mas comprometido com integração europeia. Esta declaração acarreta três objectivos para a construção de uma outra União Europeia: mudanças radicais nas instituições de modo a torná-las "totalmente democráticas"; rompimento com as "políticas monetárias neoliberais"; e uma política de co-desenvolvimento e cooperação equitativa. O grupo quer desmantelar a OTAN e reforçar a OSCE.

O grupo é ambíguo entre o reformismo e a revolução, deixando a decisão para cada partido a maneira que pensem ser melhor para alcançar estes objectivos. Assim, têm sido simultaneamente posicionados como "insiders" dentro das instituições europeias, possibilitando a capacidade de influência em decisões por co-decisão, e como "outsiders" pela sua vontade de busca de uma "outra união" cuja aboliria o Tratado de Maastricht.

Organização[editar | editar código-fonte]

O GUE/NGL é um grupo confederal: é composto por eurodeputados dos partidos nacionais. Estes partidos nacionais devem compartir objectivos políticos comuns com o grupo, como especificado na declaração constituinte do grupo. Sem embargo, esses partidos nacionais, não o grupo, retêm o controlo sobre os seus eurodeputados. Deste modo, o Grupo, pode ficar dividido em certas questões.

Os membros do grupo encontram-se regularmente para preparar reuniões, debater políticas e votar em resoluções. O grupo também publica relatórios sobre variados tópicos.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1995, o alargamento da União Europeia levou à criação dos grupos de partidos da Esquerda Nórdica. O Esquerda Nórdica Verde fundiu-se com o Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia (GUE) em 6 de Janeiro de 1995, formando o Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde. O sufixo NGL foi adicionado ao nome do grupo expandido sob a insistência dos eurodeputados suecos e finlandeses.

Alguns partidos nacionais nesta confederação[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

Partido Comunista Português (PCP)

Bloco de Esquerda (BE)

Espanha[editar | editar código-fonte]

Izquierda Unida (IU)

PODEMOS

Grécia[editar | editar código-fonte]

SYRIZA