Estádio de São Luís

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Estádio de S. Luís)
Ir para: navegação, pesquisa


Estádio de São Luís
Estádio de S. Luís (2013)
Nomes
Nome Estádio de São Luís
Antigos nomes Santo Stadium
Campo de S. Luís
Características
Local Faro
Gramado Relvado (103m x 68m)
Capacidade 15.000 espectadores
Construção
Data 1922
Inauguração
Data Maio de 1923
Último Jogo
Recordes
Público recorde 14.000 espectadores
Data recorde 28 de Abril de 2013
Partida com mais público SC Farense - UD Leiria, S.A.D.
2ª Divisão Nacional
Outras informações
Remodelado 1971 e 2013
Expandido 1990 e 1997
Proprietário SC Farense
Administrador SC Farense
Custo de aquisição Nenhum
Mandante SC Farense

O Estádio de São Luís, em Faro, foi mandado construir em 1922 por Manuel Santo (um emigrante regressado dos Estados Unidos) que, levado pelo entusiasmo grande da época, e face à falta de um recinto desportivo digno da cidade de Faro naquela altura, adquiriu um terreno no "espaldão", perto da Igreja de S. Luís, com uma superfície de cerca de 12750 m², para aí edificar o "Santo Stadium" (primeiro nome dado ao estádio, por ser Manuel Santo o seu proprietário).

Os planos da época tinham previstas todas as comodidades possíveis para o público e, além de bancadas, contemplavam paralelamente a construção de camarotes, além de preverem e tomarem medidas para a prática de vários desportos. O estádio previsto foi dos primeiros em Portugal a ser construído com características específicas para o fim em vista.

O "Santo Stadium" abriria as suas portas pela primeira vez ao público em Maio de 1923, e logo a 24 de Junho desse ano recebeu o seu primeiro grande evento, a final da 2ª edição do Campeonato de Portugal, onde o Sporting CP levou de vencida a formação da Académica de Coimbra por 3-0. Foi a primeira vez, e uma das raríssimas ocasiões em que o referido evento se disputou fora dos grandes círculos de Lisboa e Porto.

Segundo notícia publicada em 21 de Setembro de 1924, o Sporting Clube Farense decide em Assembleia Geral, contratar com o proprietário do "Santo Stadium" o arrendamento do campo, para onde seriam transferidos os jogos do clube.

Alterações e melhoramentos[editar | editar código-fonte]

A partir de 1930 passa a designar-se de "Campo de São Luís", em detrimento da antiga designação.

A 25 de Novembro de 1942, o estádio é adquirido por Eusébio Tomás Lopes e quinze anos mais tarde, em 14 de Dezembro de 1957, é lavrada escritura que transfere o estádio para a autarquia municipal, por permuta com outros terrenos.

A Câmara Municipal de Faro mudou então o nome para "Estádio Municipal de São Luís", unicamente devido à sua posição geográfica.

Vista do estádio em 1997

Em 1960 são inaugurados os balneários novos e a 24 de Maio desse ano é estreada a iluminação artificial num jogo que opôs o SC Farense ao Ferroviário de Araraquara, em que a equipa brasileira venceu por 0-5.

A 8 de Setembro de 1971 foi inaugurado o relvado.

Em 1986, a 1 de Abril, a Câmara Municipal de Faro cede ao SC Farense o estádio de São Luís, no dia em que o clube completa 76 anos.

Em 1990 recebeu obras de ampliação e melhoramentos tendo em vista a recepção do Campeonato Mundial de Juniores de 1991, realizado em Portugal.

Em 1997 foi demolido o peão e construída a "Bancada Nova".

Em 2013 juntamente com o regresso do Farense às competições profissionais o Estádio de S.Luís recebeu obras de remodelação do mesmo, tornando-o apto às competições profissionais e ao mesmo tempo modernizado.

Espectáculos[editar | editar código-fonte]

Para além do futebol, o Estádio de São Luís também recebeu inúmeros espectáculos, dos quais se destacam os concertos dos Roxy Music a 21 de Agosto de 19821 , os Dire Straits a 25 de Agosto de 19922 3 e de Luciano Pavarotti a 21 de Junho de 20004 e ainda o Tattoo Militar em Agosto de 1985.

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.