Família real norueguesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Família real norueguesa
Casa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Royal Arms of Norway.svg

SM o Rei
SM a Rainha

A família real norueguesa é a família do rei Haroldo V da Noruega. Na Noruega há uma distinção entre a "Casa Real" e "família real". A primeira inclui apenas o rei, a rainha, os herdeiros directos ao trono e os seus cônjuges. Os membros da Casa Real possuem o título de 'Majestade' ou 'Alteza Real' e os seus aniversários são celebrados com o hastear oficial da bandeira. Os restantes príncipes da Noruega possuem o título de 'Alteza'.

História da monarquia[editar | editar código-fonte]

Haroldo I era o filho de um dos governadores regionais da Noruega, descendente da família real Yngling da Suécia. Ele derrotou os outros governadores para unir o país e tornou-se seu primeiro rei. O reino da Noruega, estabelecido por ao menos três linhagens genealógicas de monarcas, cada uma alegando ser descendente de Haroldo I cabelo belo, foi o único reino da Escandinávia medieval que foi oficialmente hereditário, e não eletivo.

Depois da morte de Haquino V da Noruega, a coroa passou para seu neto, Magno IV da Suécia. Em 1397, a Dinamarca, a Noruega e a Suécia formaram a União de Kalmar, sob Margarida I da Dinamarca, que era casada com Haquino VI da Noruega e Suécia. Ela, de modo não oficial, governou os três países até sua morte.

Família real norueguesa.

A Suécia cortou suas relações com a União de Kalmar em 1523. Em 1496, o rei norueguês prometeu, como hipoteca para uma dívida de dote, os arquipélagos de Órcades e Shetland à coroa da Escócia. Em 1814, a Dinamarca (com a exceção da Islândia, da Groelândia e das Ilhas Feroé) cedeu a Noruega à Suécia. Em 1905, a Noruega tornou-se finalmente independente. Seu novo governo então ofereceu a coroa ao príncipe Carlos, segundo filho de Frederico VIII da Dinamarca. Depois de ser aprovado em uma votação popular, Carlos adoptou o nome de Haquino VII da Noruega.

A Noruega é uma monarquia constitucional.

Lista de membros[editar | editar código-fonte]

Os actuais reis da Noruega: o rei Haroldo V e a rainha Sónia.
Os príncipes herdeiros Haquino Magno e Mette-Marit da Noruega.

Membros[editar | editar código-fonte]

Família real desde a independência em 1905[editar | editar código-fonte]

Membros falecidos recentemente[editar | editar código-fonte]

  • SM o rei Olavo V (pai do rei, morto em 1991)
  • SA a princesa Ragnhild (irmã do rei, morta em 2012)

Notas[editar | editar código-fonte]

Em 2002, o rei retirou o título de 'Alteza Real' à princesa Marta Luísa. Isto resultou da vontade da princesa e de um esforço em reduzir as ligações entre a família real e a vida profissional desta. Aquando do nascimento do príncipe Sverre Magno, o rei decidiu que este também não seria uma 'Alteza Real', embora, tal como a tia, porte o título de Príncipe da Noruega e tenha ocupe o terceiro lugar na linha de sucessão.

As princesas Ragnhild e Astrid (filhas de Olavo V) perderam o título de 'Alteza Real' ao contraírem casamentos desiguais em 1953 e 1961, respectivamente. Devido à lei sálica, elas nunca tiveram direitos de sucessão.

Linha de sucessão[editar | editar código-fonte]

Até 1990, a lei sálica vigorava na Noruega, impedindo o acesso ao trono das mulheres e dos seus sucessores. Contudo, naquele ano, a lei de sucessão foi modificada para um sistema de igual primogenitura, garantindo direitos sucessórios independentemente do gênero. Essa mudança apenas afeta aqueles que nasceram em 1990 ou depois. Para mulheres nascidas entre 1971 e 1990, elas teriam direitos de sucessão, mas apenas depois dos seus irmãos do sexo masculino. Mulheres nascidas antes de 1971 e os seus descendentes continuariam excluídas da linha de sucessão ao trono.

Na prática, a lei de sucessão anterior torna a princesa Ingrid Alexandra (nascida em 2004) herdeira directa ao trono, seguida do seu irmão mais novo, o príncipe Sverre Magno. Já a princesa Marta Luísa (nascida em 1971), apesar de ser dois anos mais velha do que o príncipe herdeiro, ocupa a posição imediatamente a seguir à do seu irmão e dos filhos deste. A princesas Ranghild e Astrid (nascidas antes de 1971) e os seus descendentes não possuem quaisquer direitos sucessórios.

  1. SAR o príncipe herdeiro Haakon Magnus
  2. AR a princesa Ingrid Alexandra
  3. SA o príncipe Sverre Magno
  4. SA a princesa Marta Luísa
  5. Maud Behn
  6. Leia Behn
  7. Ema Behn
  8. Edward Lancaster Lorentzen

Ligações externas[editar | editar código-fonte]