Culinária da Noruega

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde setembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ratfisk
Gravlax
Salsicha com lompe
Fårikål
Gamalost
Skolebrød

A culinária da Noruega é famosa pela simplicidade e diversidade, tradicionalmente baseia-se nas matérias-primas disponíveis no país, com foco para a caça, pesca e pecuária, diferentemente do resto da Europa. Porém, a culinária moderna da Noruega é influenciada pela globalização, e os restaurantes urbanos apresentam os mesmos cardápios esperados de qualquer cidade ocidental europeia.

Frutos do mar[editar | editar código-fonte]

O salmão defumado é um prato típico de popularidade internacional. Existe em muitas variedades e é normalmente servido com ovos mexidos, endro, em sanduiches com mostarda. Há também os gravlaks (norueguês: salmão entrerrado), salmão curado com sal e açúcar, temperado com endro e, opcionalmente, com outras ervas e temperos. Um prato ainda mais pelicular é o rakfisk (norueguês: peixe empapado).

O maior produto de exportação da Noruega já foi o bacalhau, porém um grande número de espécies de peixes são populares, como salmão, arenque, badejo e cavala, frescos, defumados, salgados ou em conservas.

Um dos pratos mais tradicionais de bacalhau da Noruega é o chamado lutefisk, cujo nome significa literalmente peixe com soda cáustica, devido ao facto de ser preparado com soda cáustica ou hidróxido de potássio. A temporada do lutefisk começa em Novembro, sendo servido habitualmente no período natalício.

Carnes[editar | editar código-fonte]

O lompe, uma espécie de crepe feito de batata, é normalmente consumido enrolado sobre uma salsicha com ketchup, sendo possível encontrá-lo em lojas de comida de rua por toda à Noruega.

Nos enchidos, destaca-se o morrpølse, consumido desde a era dos viquingues. Ainda na vertente de produtos fumados, é muito popular o fenalår, que se assemelha a um presunto curado, mas feito com perna de cordeiro1 .

O hakkasteik constitui também um prato bastante popular, sendo constituído por carne picada de diversos animais, tais como suíno, bovino e borrego.

No início do outono, é costume, em algumas regiões do país, consumir fårikål, um cozido de borrego e repolho. Em 1970, foi escolhido como prato nacional norueguês, num programa de rádio.

Outro prato tradicional é o slottsstek, ou assado do castelo do rei, um assado de carne de vaca feito no forno, com temperos que não são típicos da cozinha norueguesa de todos os dias.

Pães[editar | editar código-fonte]

No que diz respeito aos pães, destacam-se o krotekaker, um pão liso tradicional da região de Hardanger, e o lefse, um pão norueguês com uma forma semelhante a uma tortilha mexicana, confeccionado com batata, leite ou natas e farinha e assado numa chapa.

Queijos[editar | editar código-fonte]

Entre os queijos noruegueses, destacam-se o brunost, gamalost e o jarlsberg.

Frutas[editar | editar código-fonte]

Na Noruega é possível encontrar diversos tipos de bagas, sendo comum o consumo diário de geleias.

Doces[editar | editar código-fonte]

Nos doces, pode ser destacado o kransekake, consumido normalmente em ocasiões festivas como casamentos, batizados, no Natal e no ano novo. O skolebrød, significando pão doce da escola deu origem a um concurso em 2009, com vista a eleger a melhor receita para o futuro2 .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre a Noruega é um esboço relacionado ao Projeto Europa. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Norway flagmap.svg Noruega
História • Política • Subdivisões • Geografia • Forças Armadas • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens • Família Real