Culinária da Arménia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A culinária da Arménia, país encaixado nas montanhas do Cáucaso, é baseada em carnes e produtos derivados do leite, mas com uma rica cultura de vegetais, incluindo frutas, nozes e ervas aromáticas; o uso de picles é comum e, em vez de arroz, usa-se principalmente o trigo partido. Tradicionalmente, os arménios cozinham com lenha, num fogão de barro chamado "tonir", onde se prepara toda a comida, incluindo o pão. 1

O pão mais popular, e que se espalhou por toda a Ásia Central, é uma espécie de apas ou crepes de farinha de trigo, chamadas lavash. As carnes são principalmente assadas sobre brasas, tradicionalmente com os próprios ossos, ou no forno, depois de bem marinadas; as khorovats são as espetadas arménias, muito conhecidas noutros países. As sopas são uma parte importante da cozinha arménia e, como noutros países, fazem uma refeição completa, como a bozbash. A mais conhecida, no entanto, é a khash do verbo "khashel", que significa "cozer" e consiste em ferver em água, durante cerca de 24 horas, pedaços de perna de vaca ou de carneiro com temperos até obter um caldo forte e aromático, uma versão do consommé ocidental.

As gorduras utilizadas na cozinha arménia são principalmente a manteiga e o óleo de gergelim (tahine).

Entre os doces, kyata and nazuk esão entre os mais conhecidos.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.