Sukhoi Su-30

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um Su-30 russo.
Sukhoi SU-30MKI da Força Aérea Indiana

O Sukhoi Su-30, designado Flanker C pela OTAN, é o caça família Flanker mais utilizada hoje em dia. Este caça, com características de vôos em qualquer condição de tempo é uma variante do SU-27UB, e foi colocado em operação no ano de 1996.[1]

As versões Su-30MK e Su-30Mki foram as versões de maior sucesso comercial da família Flanker C, o Su-30 foi o responsável por introduzir o uso de datalink nas aeronaves russas.[2] [3]

História[editar | editar código-fonte]

Apesar do Su-27 original ter um bom alcançe ele não era um caça de defesa aérea nos moldes que a Força de Defesa Aérea Soviética requeria. Assim o interceptador SU-27UB foi selecionado para ser usado como demostrador de novas tecnologias e o sucesso deste demostrador garantiu o desenvolvimento de uma nova versão do Flanker, Su-27PU que posteriormente foi renomeado para Su-30.[4]

A Sukhoi propôs uma variante de exportação do caça, Su-30MK, a sigla "MK" designa "Modernizirovannyi Kommercheskiy" (Comercialização Modernizada). A empresa mostrou pela primeira vez o Su-30MK no show aéreo de Paris no ano de 1993.[5]

Manobrabilidade[editar | editar código-fonte]

A Família Su-27 é conhecida pela sua excelente manobrabilidade, especialmente aqueles caças com empuxo vetorado e Canards, mesmo tendo grandes dimensões o Su-27 4 é visto com um dos melhores caças para shows de manobrabilidades, entretanto, o nível de treino necessário para conseguir executar todas as manobras possíveis é altíssimo, conseguidos geralmente apenas pelos pilotos de testes russos, já muito treinados na família Flanker. Essa característica muitas vezes inibem a compra desses caças por Forças Aéreas pelo mundo, entretanto, o maior empecilho das vendas deste avião para outros países costuma ser o elevado e complicado processo de manutenção, o que diminui a taxa de prontidão destas aeronaves, quando comparadas a outras, como o F-15, F-18, Rafale e Typhoon.[3]

Exportações[editar | editar código-fonte]

SU-30MK[editar | editar código-fonte]

Versão modernizada do Flanker C e com capacidade para misseis ar-terra e até 8 toneladas de armamento. Esta versão pode carregar os mais novos armamentos russos como os misseis ar-ar R-27, R-73 e R-77. A Versão -MK tem alcance de até 3.000 km, sem necessidade de reabastecimento aéreo.

SU-30MKK[editar | editar código-fonte]

Versão criada exclusivamente para a exportação para a China, seu custo é estimado em 35 milhões de dólares, esta versão é diferente da versão criada para a Índia.

SU-30MKI[editar | editar código-fonte]

Versão indiana do Su-30, ele possui capacidade para reabastecimento aéreo e pode ser convertido para versão naval. Esta é considerada a versão mais moderna do caça russo, equipado TVC (Empuxo Vetorado) e Canards foi desenvolvido em conjunto com a Rússia, Índia e com empresas de Israel e França.

Su-30MK2[editar | editar código-fonte]

Esta versão possui capacidade para uso de armas antinavio. Em 2006 a Venezuela comprou 24 unidades desta versão do Su-30.

Outras Versões[editar | editar código-fonte]

O Su-30 foi produzido em diversas outras versões. São elas :

  • Su-30K
  • Su-30KI
  • Su-30KN
  • Su-30M
  • Su-30MK
  • Su-30M2
  • Su-30MKM
  • Su-30MKV
  • Su-30MK2V
  • Su-30MK3
  • Su-30MKA

[4]

Operadores[editar | editar código-fonte]

Operadores do Su-30
Su-30MKA
 Argélia
 Índia
Indonésia
 Malásia
 Rússia
 Venezuela
 Vietname

[6]

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Dimensões
  • Comprimento: 21.935 m
  • Envergadura: 14.7 m
  • Área alar: 62.0
  • Altura: 6.36 m
Pesos
  • Vazio: 17.700 kg
  • Carregado: 24.900 kg
  • Máximo de Decolagem: 34.500 kg
Desempenho
  • Velocidade Máxima: Mach 2.0 (2,120 km/h)
  • Teto Operacional: 17.300 m (56.800 pés)
  • Raio de Ação: 3.000 km
Motores
  • Quantidade e Tipo: 2 x turbofans
  • Marca: Lyulka
  • Modelo: AL-31F
  • Empuxo Unitário: 122,8 kN
Armamento
  • 1 × Canhão GSh-30-1 de 30 mm e 150 disparos

Mísseis Ar-Ar:

  • 6 × R-27ER1 (AA-10C)
  • 2 × R-27ET1 (AA-10D)
  • 6 × R-73E (AA-11)
  • 6 × R-77 RVV-AE(AA-12)

Ar-Terra:

  • 6 × Kh-31P/Kh-31A anti-radar
  • 6 × Kh-29T/L guiado a laser
  • 2 × Kh-59ME

Bombas:

  • 6 × KAB 500KR
  • 3 × KAB-1500KR
  • 8 × FAB-500T
  • 28 × OFAB-250-270

[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons