Força Aérea Russa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Força Aérea Russa
Военно-воздушные cилы России
RuAF emblem.png
Emblema da aviação russa.
País  Rússia
Corporação Forças Armadas da Rússia
Missão Força aérea
Criação 1992
História
Guerras/batalhas Primeira Guerra da Chechênia
Invasão do Daguestão de 1999
Segunda Guerra na Chechênia
Guerra Russo-Georgiana
Logística
Efetivo 160 000 militares
Insígnias
Insígnia 1 Russian Air Force roundel.svg
Comando
Comandante General Viktor Bondarev

A Força Aérea Russa (em russo: Военно-воздушные cилыРоссии, transliterado Voyenno-Vozdushnye Sily Rossii) é a força aérea da Rússia.[1] É a segunda maior força aérea do mundo, em números de aviões e de seu efetivo pessoal. Em 2008, estava sob o comando do coronel Geral Aleksandr Zelin. A Marinha russa tem sua própria Força Aérea, a Aviação Naval Russa.

História[editar | editar código-fonte]

Depois da dissolução da União Soviética em suas quinze repúblicas em dezembro de 1991, os aviões e o pessoal da Força Aérea Soviética - o do VVS foram divididas entre os estados recentemente independentes. O general Peter Deynekin, comandante-chefe anterior do deputado das forças aéreas soviéticas, transformou-se no primeiro comandante da nova organização em 24 agosto 1991. A Rússia recebeu a maioria do equipamento e efetivo militar.

Durante os anos de 1990, as Forças Armadas da Rússia passaram por dificuldades financeiras e de estruturação devido à crise econômica em que o país se encontrava; a situação começou a melhorar somente depois que Putin chegou ao poder e os orçamentos militares foram aumentados extremamente.

O número dos recrutas na força aérea foi reduzido a aproximadamente 185 000 do número combinado anterior de 318 000. O general Kornukov foi sucedido pelo general Vladimir Mikhailov em 2002 e em dezembro 2003 os recursos da aviação do Exército — na maior parte helicópteros — foram transferidos ao VVS.

No começo do século XXI, o governo russo iniciou um projeto de ampla modernização do arsenal das forças armadas. Na força aérea, novos helicópteros e aviões começaram a ser introduzidos no serviço ativo, como os avançados Ka-52 e o Sukhoi PAK FA. Caças antigos, como o Su-27 e o MIG-29 receberam novos aviônicos e melhorias.[2]

Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Ministry of Defence of the Russian Federation: Air Force". Página acessada em 9 de novembro de 2014.
  2. "Putin’s new model army". Página acessada em 9 de novembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons
Wikinotícias Notícias no Wikinotícias
Meta-Wiki Meta-Wiki