Tupolev Tu-204

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tu-204 / Tu-214
New Zealand PW-51.svg
Um Tu-204-100 da Red Wings
Descrição
Tipo Avião Comercial
Fabricante Tupolev
Primeiro voo 2 de Janeiro de 1989
Custo unitário US$35 milhões (2007)
Performance
Velocidade máxima 900 km/h
Notas
Por ser uma aeronave com várias variantes, as especificações técnicas variáveis serão listadas abaixo.


O Tupolev Tu-204 é uma aeronave bi-motora de médio alcance, capaz de transportar 210 passageiros, projetada pela Tupolev e produzida pela Aviastar SP e pela Kazan Aircraft Production Association. Voou pela primeira vez em 1989, é considerada um ótimo concorrente para o Boeing 757 e tem performance e eficiência de combustível competitivas em sua classe. Foi desenvolvido como uma substituição aos tri-jatos Tupolev Tu-154 da Aeroflot. A versão mais recente, o Tu-204SM, incorpora melhorias significativas, tendo realizado seu voo de lançamento em 29 de Dezembro de 2010.[1]

Design e Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O Tu-204 foi projetado como uma família de aeronaves incorporando versões para passageiros, carga, combi (carga e passageiros) e quick-change. São duas as opções de motorização: Aviadvigatel PS-90 ou Rolls-Royce RB211. O Tu-204 é produzido em duas das maiores plantas de construção de aeronaves Russas em Ulyanovsk (Tu-204) e Kazan (Tu-214).[2]

Um Tu-204-100E da Cubana, Agosto de 2007
Cockpit de um Tu-214

A cabine de passageiros do Tu-204 é disponível em vários layouts, incluindo a linha de base de classe única para 210 passageiros e uma versão de dois ou três classes projetadas para 164 a 193 passageiros. Uma versão cargueira do Tu-204 vem sendo operada com sucesso por muitas empresas aéreas na Europa e no Egito.[2]

A cabine de ambas classes, tanto da econômica como da executiva, possuem uma composição de 3-3 e 3-2 assentos, respectivamente. A cabine da classe executiva tem uma distância entre assentos de 810mm. A cabine de passageiros pode ser divida em compartimentos de acordo com a classe com divisórias e cortinas removíveis. Os compartimentos são iluminados por luz refletida, por algumas lâmpadas escondidas localizadas acima e abaixo do bagageiro, criando uma iluminação uniforme e confortável. Os bagageiros são fechados. O volume de bagagem por passageiro disponível é 0,052m³. [3]

Em 1994, foi emitido o primeiro certificado para o Tu-204 (com motores PS-90A). Certificados emitidos posteriormente aumentaram as condições operacionais e melhoraram o desempenho geral da aeronave. A versão Tu-204-120, certificada com motores Rolls-Royce RB211-535E4, obedece à regulação de ruído descrita no Capítulo 3 do Suplemento 16 da ICAO, consequentemente cumprindo todos os requerimentos atuais da Europa e da ICAO.[4] Está atualmente em processo de certificação pela JAA. Além disso, a versão Tu-204-100, certificado com motores PS-90A, obedece à regulação de ruído descrita no Capítulo 4 do Suplemento 16 da ICAO, sendo este mais silencioso. A aeronave foi certificada nos padrões Russos AP-25 (compatíveis com a FAR-25 ou JAR-25).[5]

Tecnologia[editar | editar código-fonte]

O Tu-204 é parte de uma nova geração de aeronaves russas, além de outros projetos recentes, como o Ilyushin Il-96. O Tu-204 apresenta muitas inovações tecnológicas, como Fly-by-wire, glass cockpit e asas de perfil super crítico com winglets, além de aviônicos russos e estrangeiros.[6]

Versões[editar | editar código-fonte]

Tu-204/204C[editar | editar código-fonte]

O Tu-204 é o modelo básico de passageiro para empresas aéreas, e o Tu-204C é o modelo de carga básico. Os modelos mais utilizados são o -100C e o -120C.[7]

Tu-204-100/200[editar | editar código-fonte]

Um Tupolev Tu-204C operado pela DHL no Aeroporto Internacional Sheremetyevo em Moscou, Rússia.

Certificado em Janeiro de 1995, esta versão inicial é motorizada pelos Turbofan Soloviev (agora Aviadvigatel) PS90 com 35.300 lbf de empuxo, e utiliza aviônicos e motores russos. O Tu-204-200, é uma versão mais pesada, com maior capacidade de combustível e maior alcance. Apenas um foi construído pela Aviastar-SP em Ulyanovsk mas não foi ainda entregue (RA-64036). Agora, esta versão é apenas produzida pela KAPO em Kazan, comercializado pelo nome Tu-214. O Tu-204-100C e o Tu-204-200C são versões cargueiras dos modelos -100 e -200 respectivamente, dotados de uma porta principal na lateral esquerda à frente da aeronave. Atualmente, o Tu-204-100/200 é oferecido com a opção de outro Turbofan, o Aviadvigatel PS90A2, que promete 40% mais operações entre as revisões (overhaul).[8]

O peso máximo de decolagem (MTOW) do Tu-204-100 é 107,5 toneladas, e seu alcance com 196 passageiros em uma configuração de duas classes é 6.000km.

Tu-204-120/220/120C/220C[editar | editar código-fonte]

Para ampliar o mercado do produto, o Tu-204-120/220 oferece aviônicos e motores estrangeiros. É motorizado por dois Rolls-Royce RB211-535, cada um com a potência de 43.100 lbf. A Egypt's Cairo Aviation se tornou a primeira operadora deste modelo em Novembro de 1998, quando fez o pedido de um Tu-204-120 em sua versão cargueira, o Tu-204-120C. O Tu-204-220 e a versão cargueira Tu-204-220C, são versões com maior peso total em relação ao Tu-204-120 básico.[9]

O Tu-204-120 tem um peso máximo de decolagem (MTOW) de 103 toneladas e um alcance de 4.600km com 196 passageiros em uma configuração de duas classes.

Tu-204-300[editar | editar código-fonte]

Uma versão mais curta, de menor alcance, porém mais eficiente derivado do Tu-204, o Tu-204-300 também ficou conhecido como Tu-234. Cerca de seis metros mais curto que o Tu-204 básico, esta versão está disponível em duas versões: a versão de maior alcance e mais pesada, motorizada com motores Aviadvigatel PS90-A2, tem um peso máximo de decolagem de 107,5 toneladas, com capacidade para 166 passageiros e um alcance aumentado para 9.300km; e a versão mais leve, com menor alcance e um peso máximo de decolagem de 89 toneladas, com um alcance de 3.500km e capacidade para 166 passageiros. A empresa Russa Vladivostok Air foi o primeiro cliente deste modelo. As aeronaves desta companhia estão configuradas em um modelo para duas classes, levando até 142 pessoas. A média de horas voadas em um período de 24 horas é de 9 horas e 35 minutos, para o ano de 2009. É também operada pela Air Koryo, que atualmente opera um Tu-204-300 e tem um pedido adicional com opção para substituir cinco Тu-154 e quatro Il-62M. O Tu-204 opera nas linhas entre Pyongyang-Beijing, Bangkok, Vladivostok, Shenyang e Kuala Lumpur.[10]

Tu-204-500[editar | editar código-fonte]

Esta é uma versão do Tu-204-300 otimizado para rotas mais curtas, possuindo asas menores e uma velocidade de cruzeiro aumentada (para Mach 0.84), o que o torna competidor para o Boeing 737 Next Generation. É certificado para ETOPS e possui um APU Honeywell 331-200ER.[11]

Tu-206[editar | editar código-fonte]

Esta versão foi produzida como versão de teste para combustíveis alternativos, voando com Gás natural liquefeito.[12]

Tu-214[editar | editar código-fonte]

O Tu-214 também é uma variação do Tu-204. É tecnicamente um Tu-204-200, com uma das diferenças sendo o fato de ser construída em uma fábrica diferente. As aeronaves designadas Tu-204 são produzidas em Ulyanovsk pela Aviastar-SP; O Tu-214 é produzido em Kazan pela Kazan Aircraft Production Association (KAPO).[13] [14] Ambas as fábricas são independentes de seu projetista, a Tupolev, e possuem algum controle sobre o projeto da versão que produzem.

A principal diferença é a uma porta principal no lado esquerdo da fuselagem pouco antes da asa. O Tu-204 possui duas portas principais e duas portas de emergência; o Tu-214 possui três portas principais e uma porta de emergência.

Em 2010, um total de 10 Tupolev Tu-214 estão operando em empresas aéreas. Os operadores do Tu-214 são: Rossiya (5), Transaero (3) e Airstars (2). A Transaero tem um pedido adicional de 7 aeronaves deste modelo.[15]

Tu-214ON[editar | editar código-fonte]

Versão de observação do Tu-204-200 equipado para missões de Tratado em Céus Abertos. O Ministério da Defesa Russo possui dois pedidos de aeronaves deste tipo, com entregas prevista para 2012 e 2013.[16] [17]

Tu-214PU[editar | editar código-fonte]

Versão de Posto de Comando Aéreo. Duas aeronaves operadas para o Ministério da Defesa Russo.[18] [17]

Tu-214SR[editar | editar código-fonte]

Versão para retransmissão de comunicações. Dois operados pela GTK Rossiya para o Governo Russo, com mais três planejados.[19] [17] [20]

Tu-214SUS[editar | editar código-fonte]

Versão para retransmissão de comunicações para o Ministério da Defesa Russo. Dois pedidos firmes, com entregas planejadas para o final de 2012.[17]

Tu-204SM[editar | editar código-fonte]

O Tu-204SM é uma aeronave de médio alcance, com capacidade para 210 passageiros ou 174 em configuração para duas classes. O objetivo deste modelo é o mercado de empresas low-cost. Esta aeronave foi atualizada para obedecer a futuros e relevantes requerimentos de segurança Russos/Internacionais, incluindo os novos padrões da ICAO e Eurocontrol, incluindo todos os parâmetros ambientais e níveis de emissão de ruídos e gases.

O Tu-204SM terá uma fuselagem compacta. Entretanto, esta aeronave apresentará muitas similaridades aerodinâmicas e de design em relação ao Tu-204-100/100E/100V. O sistema de navegação de voo e aviônicos da aeronave, permitirão uma tripulação de apenas dois pilotos.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Новый опытный самолет Ту-204СМ совершил первый полет. Tupolev.ru (2010-12-29). Página visitada em 31 de Dezembro de 2010.
  2. a b Tupolev Tu-204, Tu-214, Tu-224 & Tu-234. Airliners.net. Página visitada em 30 de Setembro de 2011.
  3. Best seats Tupolev Tu 204 100. Seatmaestro.com. Página visitada em 2011-09-30.
  4. Tu-204SM begins airworthiness certification programme. Flightglobal.com. Página visitada em 30 de Setembro de 2011.
  5. http://www.easa.eu.int/certification/type-certificates/docs/noise/EASA-TCDS-A.162_%28IM%29_Tupolev_TU_204--120CE-01-08102008.pdf
  6. Civil Aviation. 10950.08sc.thinkquest.nl (1989-01-02). Página visitada em 30 de Setembro de 2011.
  7. Em russo
  8. PSC «Tupolev» - TU-204-100. Tupolev.ru. Página visitada em 30 de Setembro de 2011.
  9. PSC «Tupolev» - TU-204-120C. Tupolev.ru. Página visitada em 30 de Setembro de 2011.
  10. PSC «Tupolev» - TU-204-300. Tupolev.ru. Página visitada em 30 de Setembro de 2011.
  11. Tupolev Tu-204. Awesome80s.com. Página visitada em 30 de Setembro de 2011.
  12. PSC "Tupolev" – Cryogenic aircraft. Tupolev.ru. Página visitada em 13 de Novembro de 2010.
  13. PSC «Tupolev» – MAKS 2005
  14. Kazan Aircraft Production Association (KAPO) n.a. Gorbunov – Russian Defense Industry
  15. Tu-204/214 registry | Tu-204/214 production list. russianplanes.net. Página visitada em 13 de Novembro de 2010.
  16. Russian airliners get sales lift at MAKS. Flightglobal (28 August 2009). Página visitada em 30 de Abril de 2012.
  17. a b c d Mladenov, Alexander. (Maio de 2012). "Tu-214SUS Delivery Expected in 2012". Air International Vol. 82 (No. 5). ISSN 0306-5634.
  18. Karnozov, Vladimir (10 de Novembro de 2010). Russian president takes first flight in new Tu-214PU. Página visitada em 30 de Abril de 2012.
  19. PICTURE: Russian special aviation squad adds Tu-214SRs. Flightglobal (4 de Junho de 2009). Página visitada em 30 de Abril de 2012.
  20. Mladenov, Alexander. (Março de 2012). "Three more Tu-214SRs for GTK Rossia". Air International Vol. 82 (No. 3).