Aeroflot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aeroflot logo.png
Aeroflot
IATA
SU
ICAO
AFL
Indicativo de chamada
Aeroflot
Fundada em 1932
Principais centros
de operações
Aeroporto Internacional Sheremetyevo-Moscou, Rússia.
Programa de milhagem Aeroflot Bonus
Serviço VIP First Class Lounge
Aliança comercial
Frota 123 aeronaves
Companhia
administradora
Aeroflot - Russian Airlines
Sede Moscou, Rússia
Pessoas importantes Vitaly Gennadyevich Savelyev, Viktor Petrovich Ivanov, Aleksandr Yuryevich Zurabov
Sítio oficial www.aeroflot.com
Aeroflot Airbus A330 Kustov.jpg

Aeroflot é uma companhia estatal de aviação Russa.

História[editar | editar código-fonte]

A companhia aérea Aeroflot foi fundada em Março de 1923, na altura com a designação Dobrolet, utilizando na época aviões De Havilland, Vickers, Junkers, entre outros. Passados seis anos a empresa fundiu-se com a Dobrolet e passou a tomar conta de todos os voos internos russos. Finalmente, a 25 de Fevereiro de 1932 adoptou a actual designação de Aeroflot.

Esta companhia passou a ter voos internacionais após a Segunda Guerra Mundial, enquanto a nível interno, na então União Soviética, recorria a aviões que também serviam propósitos militares. A nível de aviões de passageiros a companhia utilizava aeronaves do país, como os Tupolev.

A empresa fazia transporte de passageiros, carga, assim como serviços agrícolas e industriais. Também contribuiu para inúmeras missões científicas, nomeadamente no Ártico e na Antártida.

Em 1956 a Aeroflot apresentou o segundo avião a jato do mundo a entrar em operação comercial, o Tupolev Tu-104, que fazia voos domésticos e internacionais. Nos finais da década de 50, a companhia soviética pôs em serviço o gigante turbo-hélice Tupolev Tu-114, na altura o maior avião de passageiros do mundo. O avião fazia o trajecto Moscovo-Omsk-Irkutsk e mais tarde permitiu ligações diretas a Tóquio, no Japão, e a Cuba.

Expansão dos voôs internacionais[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 1971 a Central de Administração do Tráfego Aéreo Internacional estabeleceu com o âmbito da IATA, e foi a a única empresa autorizada a operar voôs internacionais.Em outros países ficou conhecida como Aeroflot Soviet Airlines. No ano de 1976 transportou seu milionésmio passageiro.Seus voôs foram concentrados em torno da União Soviética, mas ela também teve uma rede internacional que abrangeu cinco continentes: Ámerica do Sul e do Norte, Europa, África e Ásia. A rede inclui países como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Espanha, Cuba, México e a República Popular da China. Desde os anos 70s alguns voos transatlânticos foram feitos usando o aeroporto de Shannon na Irlanda como parada itermediaria, porque esse era o aeroporto não-OTAN na europa.

O serviço da Aeroflot entre a União Soviética e os EUA foi interrompido em 15 de Setembro de 1983 até 2 de Agosto de 1990, seguindo uma ordem executiva do então Presidente dos EUA, Ronald Reagan, revogando a licença da Aeroflot de operar voos dentro e fora dos EUA devido a queda do Voo 007 da Korean Air Lines pela Força Aérea Soviética. No começo dos anos 90s a Aeroflot se reorganizou dando mais autonomia para divisões territoriais. Na década the 1990, REG Davies, ex-curador do Instituto Smithsonian, afirma que a Aeroflot teve mais de 600,000 pessoas que operaram mais de 10,000 aeronaves.

Em 1975, graças ao Tupolev Tu-144, a Aeroflot passou a dispor de um avião supersónico, que atingia os 2500 km/hora, mais do que o concorrente europeu, o Concorde.

Em 1980, foi eleita a companhia aérea oficial dos Jogos Olímpicos de Moscou, tendo passado a utilizar um novo aeroporto em Moscou construído de propósito para o evento desportivo.

No final da década de 80, a Aeroflot tinha uma frota que rondava os 11 mil aviões e helicópteros (pois toda matrícula СССР na União Soviética era de propriedade da Aeroflot, independente se era aeronave civil ou militar na Rússia). Em 1991, após o colapso da União Soviética, as novas repúblicas fundaram suas próprias companhias aéreas, levando a profundas alterações na Aeroflot. A companhia dividiu a sua frota por mais de 400 empresas independentes.

Nessa altura a empresa começou a utilizar, pela primeira vez no sua historia, aviões construídos fora da Rússia. O primeiro foi, em 1992, um europeu Airbus A310-300, seguido em 1993 por dois Boeing 767, de construção norte-americana. Em 1995 a Aeroflot tornou-se uma empresa pública. Actualmente, tem mais de 100 destinos para mais de cinquenta países, sendo uma das principais companhias aéreas do mundo.

Frota[editar | editar código-fonte]

Aeroflot planes
Aeronave Total Pedidos
A319-100 10 01
A320-200 62 02
A321-200 26
A330-200 05
A330-300 17
A350-800 00 18
A350-900 00 04
B737-700 00 15
B737-800 04 21
B737-900ER 00 10
B767-300ER 03
B777-300ER 08 08
B787-8 00 22
Il-96-300 15
Irkut MS-21 00 50
Sukhoi Superjet 100-95 10 17
Total 151 168

Destinos[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Aeroflot