GE C30-7

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
GE C30-7
GE C30-7
Locomotiva GE C30-7 da ALL Sede
Propulsão Diesel-elétrica
Fabricante GET Erie, PA.(USA) Gevisa Campinas, SP
Modelo C30-7
Ano de fabricação 1976-1985
Locomotivas fabricadas 1172
Classificação AAR C-C
Bitola 1000, 1435, 1600 mm
Peso da locomotiva 172.000 kg
Peso por eixo 28.660 kg
Capacidade de combustível 13.900 a 15.000 litros
Motor primário 16-FDL7B // 12-FDL7B
Motores de tração GM - EMD D-31
Velocidade máxima 105 km/h
Potência total 3350 hp
Freios da locomotiva 26L

Modelos[editar | editar código-fonte]

C30-7[editar | editar código-fonte]

A GE C30-7 é uma locomotiva diesel de 6 eixos construída pela GE Transportation Systems entre 1976 e 1985 como uma evolução da U30C. Ela é movida por um motor diesel V16,com 3.000 hp. Foram fabricadas 1.137 unidades dessa locomotiva para as ferrovias dos Estados Unidos da América.

Locomotiva GE C30-7 da ALL Malha Norte

Os modelos mais antigos de C30-7 tinham quatro janelas de cada lado da cabine, mas no ano de 1980, novas leis obrigaram as janelas de locomotivas serem "resistentes a projéteis", o que fez com as duas janelas exteriores fossem eliminadas em locomotivas fabricadas a partir de 1980. Algumas ferrovias Norte Americanas soldaram placas de metal sobre as janelas das unidades pré-80's. Atualmente com a novas regras do EPA Tier II para países como os Estados Unidos, Canada e Mexico, locomotivas como a C30-7 e suas versões estão proibidas de rodarem em versão original, tendo que se instalar um kit de redução de emissões para conseguir uma concessão. Contudo, para os padrões Norte Americanos, as Ge C30's já são maquinas velhas, tendo sido então devolvidas as empresas de leasing que as possuíam. Devido a grande quantidade de máquinas disponíveis, as concessionárias nacionais, compraram uma grande quantidade dessas locomotivas que para o padrão nacional estão com "meia-vida". As mesmas foram importadas sofrendo, em geral pequenas reformas, rebitolagem e colocadas para rodar. Atualmente mais de 500 C30's de todos os tipos operam no Brasil, representando quase a metade de todas as unidades fabricadas.

Locomotiva GE C30-7 nº 9354 da ALL, ex-BF em Americana-SP

As concessionárias que as operam são:

C30-7A[editar | editar código-fonte]

A C30-7A é uma versão da C30-7. Conrail foi a única ferrovia norte americana a possui-la, encomendando 50 unidades, e as numerando 6550-6599. No Brasil quem as comprou foi a Cutralle-Quintela, em número de 7 para opera-las no estado de São Paulo na Fepasa (Atual ALL-Malha Norte). Externamente são quase idênticas as GE C30-7 normais, com apenas uma pequena variação no arranjo de portas laterais de acesso ao motor. Porém, dentro existe um motor diesel V12, contrapondo-se ao normal que seria V16, ambos produzem 3.300 HP, entretanto Conrail e Cutralle optaram por essa opção pois ela economiza combustível em relação a versão V16. As unidades da Conrail foram produzidas entre Maio e Junho de 1984.

C30-7B[editar | editar código-fonte]

Algumas poucas unidades foram compradas pela Brasil Ferrovias (incorporada pela ALL) para serem depenadas e servirem como peças a demais C30-7's normais.

C30-7MP[editar | editar código-fonte]

É uma U23C repotenciada e com micro-processador a bordo, que ajuda a reduzir consumo de combustível, melhorar aderência, controlar patinação e outros. A modificação maior é feita no repotenciamento do motor, além de uma pequena alteração no Nariz e a "asa" do radiador que é projetada para fora da traseira. Atualmente a ALL opera uma unidade desse modelo, numerada #7700, a MRS transformou em outubro de 2000 na GEVISA em Contagem-MG 19 de suas U23C1 e U23CP ex-RFFSA em C30-7MP, seus números atuais são 3701 a 3719.

SF30C[editar | editar código-fonte]

A MRS opera 10 delas, que são antigas GE U36C reformadas pela ferrovia Santa Fé em 1986 nas oficinas de Cleburne, no Texas USA. Foram baixadas das ferrovias americanas em 2002 a 2003 e vieram para a MRS como máquinas de segunda mão e entraram em circulação por volta de Novembro de 2003.

C30-S7R[editar | editar código-fonte]

Também chamadas de "Super Seven" originalmente eram U30C da Southern, Union Pacific e Milwalkee Road que foram devolvidas a GECX (leasing) em 1989, posteriormente foram reformadas para sua configuração Super-7, e realugadas para as ferrovias americanas. Em 2003 sairiam de circulação nos EUA e foram compradas pela MRS. Atualmente operam na MRS 10 unidades delas que entraram em operação em Agosto de 2003. Esteticamente são muito diferentes das demais C30-C36. Possuem o nariz maior, um ressalto no teto que vai da cabine até quase a metade da carenagem, o centro de pião é visivelmente avançado, entre outras menores.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Fotos e dados da Mafia do CTC www.mafiactc.com
  • Textos Alexandre Fressatto Ramos
  • Dados do Site "Memória do Trem" de José Emílio Buzelin e Eduardo J. J. Coelho e João Bosco Setti