Glomerulonefrite membranoproliferativa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Glomerulonefrite membranoproliferativa
Micrograph of glomerulus in membranoproliferative glomerulonephritis with increased mesangial matrix and increased mesangial cellularity. Kidney biopsy. PAS stain.
Classificação e recursos externos
CID-10 N00-N08 with .5 and .6 suffix
CID-9 581.2, 582.2, 583.2
OMIM 609814 305800
DiseasesDB 34457
MedlinePlus 000475
eMedicine med/887
MeSH D015432
GeneReviews
Star of life caution.svg Aviso médico

GlomeruloNefrite MembranoProliferativa (GNMP) é uma doença renal caracterizada por lesão da membrana basal e mesângios dos glomérulos dos néfrons, partes dos rins essenciais para a boa filtração do plasma sanguíneo.[1]

Causas[editar | editar código-fonte]

Existem diversas possíveis causas[2] :

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

Os possíveis sintomas incluem[1] :

Apresenta-se com síndrome nefrótica em 70% dos pacientes e síndrome nefrítica aguda em 20% dos casos. Hematúria (perda de sangue pela urina) e proteinúria (perda de proteínas pela urina) podem ser descobertos em exames de urina rotinários.

Diagnóstico[editar | editar código-fonte]

O achado de microscopia óptica mais característico é a hipercelularidade e duplicação da membrana basal glomerular. Em todos os casos existe deposição do sistema complemento nos glomérulos e depósito de imunoglobulinas ocorre menos freqüentemente.

A presença de depósitos de imunoglobulinas e complemento associado ao relato de que os pacientes são portadores de infecções crônicas, neoplasias e colagenoses; sugere que a GNMP, de um modo geral, é conseqüência da deposição renal de imunocomplexos presentes na circulação sanguínea.

Epidemiologia[editar | editar código-fonte]

Ocorre em qualquer faixa etária mas predomina entre os 6 e os 30 anos (70% dos casos). Em análise de biópsias renais, responde por 6 a 12% dos casos de glomerulonefrite, 12% dos casos de síndrome nefrótica idiopática e 40% dos pacientes com nefrite. [3]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Dependendo da causa e dos sintomas, os medicamentos que podem ser prescritos incluem[1] :

Caso o quadro siga agravando, pode ser necessário diálise e transplante renal. O tratamento costuma ser mais eficiente em crianças que em adultos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. a b c http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/000475.htm
  2. http://emedicine.medscape.com/article/240056-overview#aw2aab6b2b3
  3. http://emedicine.medscape.com/article/240056-overview#a0156