Glomeruloesclerose segmentar e focal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Ciência.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição.

Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A glomeruloesclerose segmentar e focal (GESF ou GSF) é uma doença caracterizada por fibrose de parte do glomérulo. É responsável por 15 a 20% das síndromes nefróticas idiopáticas dos adultos, podendo ser secundária a outra patologia (HIV, obesidade, refluxo vésico-ureteral) ou primária.

Os pacientes geralmente apresentam-se com proteinúria severa assintomática. Cerca de 2/3 dos casos têm síndrome nefrótica como quadro inicial mas podem existir casos com proteinúria menor que 1g/dia até maior que 30g/dia. Em 30 a 50% dos enfermos existe hipertensão arterial e metade dos pacientes possuem hematúria microscópica. O complemento está normal.

No diagnóstico, 30% dos casos já apresentam déficit de função renal. Na microscopia óptica observa-se esclerose segmentar de alguns glomérulos ou mesmo glomérulos totalmente esclerosados. A imunofluorescência mostra depósitos de IgM e C3.

A evolução da GESF não tratada consiste em proteinúria e perda da função renal progressivamente. Em 5 a 20 anos a maioria dos pacientes desenvolve insuficiência renal crônica terminal.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

O tratamento pode ser feito com corticóides e agentes citotóxicos ou Vitamina E. No entanto, a GESF idiopática responde muito mal aos esteróides, geralmente evoluindo para a insuficiência renal crônica.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Ciência (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.