Instituto Moreira Salles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Instituto Moreira Salles na Gávea

O Instituto Moreira Salles é uma organização sem fins lucrativos fundada por Walther Moreira Salles em 1990. É administrada pela família Moreira Salles e tem por finalidade exclusiva a promoção e o desenvolvimento de programas culturais atuando principalmente em cinco áreas: fotografia[1] , literatura, biblioteca, artes plásticas e música brasileira.[2]

Parte dos acervos fotográficos, literários, musicais e de artes pláticas estão disponíveis para consulta no site da instituição , assim como em seus centros culturais do (Rio de Janeiro, São Paulo e Poços de Caldas), quatro Galerias (São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre). Possuí ainda, Reservas Técnicas nas áreas de Fotográfica, Música, Biblioteca e Pinacoteca - localizadas em São Paulo e no Rio de Janeiro, além de um canal de rádio na internet.[3]

Algumas características diferenciam o IMS de outras instituições culturais privadas do Brasil e do exterior. Uma delas diz respeito à sua forma direta de intervenção: contrapondo-se à prática do mecenato tradicional, a instituição prefere atuar fundamentalmente em iniciativas que ela própria concebe e executa. Outro fator que singulariza a atuação do Instituto Moreira Salles é a prioridade que ele confere a projetos de médio e longo prazos, o que significa escapar da fugacidade dos eventos, desenvolvendo programas regulares voltados para a formação e o aprimoramento do público.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Nádia Battella Gotlib. Clarice fotobiografia. [S.l.]: EDUSP, 2007. 474 pp. ISBN 978-85-314-1038-3.
  2. Erico João Siriuba Stickel. Uma pequena biblioteca particular: subsídios para o estudo da iconografia. [S.l.]: EDUSP, 2004. 294 pp. ISBN 85-314-0825-3.
  3. http://radio.musica.uol.com.br/ims.jhtm
  4. Ana Carla Fonseca Reis. Marketing Cultural e Financiamento da Cultura: teoria e prática em um estudo internacional comparado. [S.l.]: Pioneira Thomson, 2003. 39 pp. ISBN 85-221-0305-4.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]