Língua klingon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Klingon (tlhIngan Hol)
Pronúncia: /t͡ɬɪˈŋɑn xol/
Falado em: Também estima que o KLI possua cerca de mil membros
Total de falantes: desconhecido [1] [2]
Família:
 Klingon
Escrita: Alfabeto próprio
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: tlh
ISO 639-3: tlh

O klingon (tlhIngan Hol) é uma língua artística criada pelo linguista Marc Okrand para os filmes baseados na série americana de televisão Star Trek (Jornada nas Estrelas, no Brasil).[3] Alguns fãs da série estudaram e aprenderam a falar fluentemente a língua, e existem pelo menos três publicações em Klingon.

Por ser um idioma artificial, essa língua não tem falantes que a tomam como primeira língua, só como segunda língua, ou seja, os falantes desse idioma têm outras línguas como língua-mãe, como o inglês por exemplo.

Alfabeto[editar | editar código-fonte]

KLI pIqaD.svg

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Wired 4.08: Dejpu'bogh Hov rur qablli! - Lawrence Schoen, diretor do Klingon Language Institute (KLI), calculou, em agosto de 1996, em uma dezena o número de falantes fluentes em Klingon. Também estima que o KLI possua cerca de mil membros.
  2. Em 1999, a revista satírica "The Onion" publicou um artigo afirmando que o número de falantes de Klingon superava o do idioma Navajo, citando dados da Modern Language Association. No entanto, o número total de falantes em Navajo é de 150 mil, muito superior aos estimados 7500 falantes de Klingon, segundo a revista.
  3. Oliver Jokisch e Matthias Eichner, Synthesizing and Evaluating an Artificial Language: Klingon, Sixth International Conference on Spoken Language Processing (ICSLP 2000), Beijing, China, October 16-20, 2000 [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.