Volapuque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O volapuque (Volapük) é uma língua artificial. Os seus códigos ISO 639 são vo e vol.

A palavra Volapük significa "língua mundial" (vol 'mundo', -a 'de', pük 'língua'). Há versões do nome "volapük" em outros idiomas: "volapuque", "volapuc", "volapuk", etc.

O volapuque foi criado em 1880 por Johann Martin Schleyer, um padre católico em Baden, na Alemanha. Schleyer pensava que Deus lhe tinha dito num sonho para criar uma língua internacional. Realizaram-se convenções de volapuque em 1884, 1887 e 1889. As duas primeiras usaram o alemão, mas a última usou apenas volapuque, o que pode ter sido uma das razões principais para o declínio da língua.

O Alfabeto e a Pronúncia[editar | editar código-fonte]

Schleyer propôs formas diferentes para as vogais com trema/umlaut, mas foram raramente usadas.

No alfabeto de volapuque constam as seguintes letras: "a ä b c d e f g h i j k l m n o ö p r s t u ü v x y z". Não se utilizam as letras "q" nem a letra "w". O trema nunca é omitido, mesmo quando utilizados em letras maiúsculas.

As letras, ao contrário do português e do espanhol, nunca são mudas e nunca mudam de pronúncia baseado em sua posição na sílaba e a utilização de maiúsculas e minúsculas seguem as principais regras dos idiomas.

No volapuque todas as letras se pronunciam e não existem ditongos nesta língua porque todas as vogais se pronunciam separadamente. A sílaba tônica é sempre a última.

A seguir, uma tabela com a pronúncia:

Letra AFI X-SAMPA Aproximação em português
A a [a] [a] Como a em pai.
Ä ä [ɛ] [E] Como é em égua.
B b [b] [b] O mesmo que em português.
C c [tʃ] ou [dʒ] [tS] ou [dZ] Como em tcheco ou em adjunto.
D d [d] [d] Sempre como em dado; nunca como dj, mesmo antes de i.
E e [e] [e] Sempre fechado como em macete; nunca aberto como em égua.
F f [f] [f] O mesmo que em português.
G g [ɡ] [g] Sempre como em gato; nunca como em gente.
H h [h] [h] Aspirado, como no inglês have.
I i [i] [i] Sempre como em líquido; nunca como u semivocálico.
J j [ʃ] ou [ʒ] [S] ou [Z] Como o ch ou o j português.
K k [k] [k] como c em cão.
L l [l] [l] Como em lago.
M m [m] [m] Como em macaco.
N n [n] [n] Como em naipe.
O o [o] [o] Sempre fechado como em ovo; nunca aberto como em óculos.
Ö ö [ø] [2] Não há equivalente em português. Diga e com os lábios na posição de o.
P p [p] [p] O mesmo que em português.
R r [r] [r] Sempre como em irado; nunca como em rato ou erro.
S s [s] ou [z] [s] ou [z] Como ss ou z.
T t [t] [t] Sempre como em atalho; nunca como tch, mesmo antes de i.
U u [u] [u] Como em urso.
Ü ü [y] [y] Não há equivalente em português. Diga i com os lábios na posição de u.
V v [v] [v] O mesmo que em português.
X x [ks] ou [gz] [ks] ou [gz] Sempre como ks ou gz como em oxigênio.
Y y [j] [j] Como um i semivocálico.
Z z [ts] ou [dz] [ts] ou [dz] Como ts ou dz.

Gramática[editar | editar código-fonte]

Tal como no alemão, existem 4 casos no Volapuque: nominativo, genitivo, dativo e acusativo.

A tabela seguinte ilustra os casos do Volapuque, usando a palavra vol, "mundo":

Caso Singular Plural
Nominativo vol (mundo) vols (mundos)
Genitivo vola (do mundo) volas (dos mundos)
Dativo vole (ao mundo) voles (aos mundos)
Acusativo voli (mundo) volis (mundos)

Geralmente, o adjectivo coloca-se a seguir ao substantivo que qualifica. A forma mais fácil de criar um adjectivo a partir do substantivo base é pela adição do sufixo -ik, i.e. vol (mundo) — volik (mundial)

O artigo (lartig)[editar | editar código-fonte]

O artigo "el" é equivalente ao definido do português ("o", "a"), e somente é utilizado antes das palavras não traduzidas ao volapuque (ex. Nomes próprios: el David = o David). O artigo se declina igual ao substantivo e também utiliza a terminação em "s" no plural (ex. els Sputnik = os Sputniks).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Wikilivros Livros e manuais no Wikilivros