Perobal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Perobal
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação Não disponível
Gentílico perobalense
Prefeito(a) Jefferson Pradella (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Perobal
Localização de Perobal no Paraná
Perobal está localizado em: Brasil
Perobal
Localização de Perobal no Brasil
23° 53' 45" S 53° 24' 36" O23° 53' 45" S 53° 24' 36" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Noroeste Paranaense IBGE/2008[1]
Microrregião Umuarama IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Umuarama, Mariluz, Alto Piquiri, Cafezal do Sul
Distância até a capital 600 km
Características geográficas
Área 406,707 km² [2]
População 5 648 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 13,89 hab./km²
Altitude 410 m
Clima Subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,745 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 60 880,976 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 11 755,35 IBGE/2008[5]
Página oficial

Perobal é um município brasileiro localizado na região Noroeste do estado do Paraná. Suas principais atividades econômicas são a agricultura (produção de soja e milho), e a produção de álcool e açúcar. Sua população estimada em 2004 era de 5.206 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Perobal foi fundado na década de 1950 do século XX pela Companhia Melhoramentos Norte do Paraná e faz parte do planejamento feito pelos ingleses da Paraná Platations para esta região do Estado, implantado no Brasil nos anos 20 por Lord Lovat.

De sua fundação até 1996, Perobal pertenceu ao município de Umuarama. O novo município foi implantado em 19 de abril daquele ano, mas o plebiscito em que a população decidiu pelo desmembramento de Umuarama foi realizado em 24 de março de 1992.

O primeiro prefeito da cidade foi José Evangelista de Albuquerque, que governou a cidade até 2004. Nas eleições de 1996 e 2000 (quando foi reeleito) ele disputou o cargo com Sebastião Calixto Barbosa. Ambos eram vereadores em Umuarama antes da criação do município.

Em 2004 Antônio Colognesi Sobrinho assumiu o cargo de prefeito, ao derrotar Almir de Almeida nas urnas. Entretanto, em janeiro de 2006, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná cassou o diploma de Colognesi depois de entender que sua chapa teria praticado abuso do poder econômico nas eleições. Em agosto do mesmo ano, Almir de Almeida foi conduzido à prefeitura.

Nas eleições de 2008, Almir de Almeida (PMDB) competiu com Valdete de Albuquerque (PSDB), esposa de José Evangelista, e foi eleito com 65% dos votos válidos.

Em 2012, Jefferson Pradella (PDT) disputou eleição contra Fernando da Gc (PV), e foi eleito com 54,57% dos votos, contra 45,43%.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O município está na bacia hidrográfica do rio Paraná. Todos os rios que cortam o território de Perobal seguem para o rio Piquiri, afluente do rio Paraná.

Perobal, porém, não é banhado pelo rio Piquiri, mas conta com dois de seus afluentes: o rio Goioerê, à leste, e o rio Xambrê, ao norte.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia de Perobal baseia-se na agricultura e na agroindústria. As principais culturas do município são a soja, o milho e a cana-de-açúcar. Esta última foi introduzida na cidade na década de 1980 do século XX, depois da fundação da Cooperbal (Cooperativa dos Produtores Álcool e Açúcar de Perobal), que implantou na cidade uma indústria de álcool combustível, a primeira da microrregião de Umuarama.

Na década de 1990, a Cooperbal foi vendida ao grupo Sabarálcool, atual controlador da indústria, que também passou a produzir açúcar na unidade.

Mesmo com as atividades agropecuárias e industriais, a cidade também empresta parte de sua mão de obra para a cidade de Umuarama, distante 17 quilômetros a nordeste. A maioria destes trabalhadores atua no comércio e na indústria da cidade vizinha.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 de dezembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.