Rio Piquiri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Piquiri
Comprimento 660 km
Nascente Serra do São João, entre Turvo e Guarapuava
Altitude da nascente 1 040 m
Foz Rio Paraná, entre Terra Roxa e Altônia
Altitude da foz 220 m
Área da bacia 24 731 km²
Afluentes
principais
Margem direita: Cobre, Bandeira, Cascudo, Feio, São Francisco, Tourinho, Melissa, Jesuítas, Verde, Encanto e Azul.
Margem esquerda: Cantu, Sapucaí, Goio-Bang, Goioerê, Jangada e Xambré.[1]
País(es)  Brasil

O Rio Piquiri é um rio brasileiro do estado do Paraná, Região Sul do país, pertencente à Bacia do Rio Paraná. Nasce a 1 040 metros de altitude, na Serra de São João, entre os municípios de Turvo e Guarapuava, percorrendo cerca de 660 km até desaguar no Rio Paraná, entre Terra Roxa e Altônia.[1]

Banha total ou parcialmente os municípios de Guarapuava, Turvo, Campina do Simão, Goioxim, Santa Maria do Oeste, Marquinho, Palmital, Laranjal, Nova Laranjeiras, Diamante do Sul, Altamira do Paraná, Guaraniaçu, Campo Bonito, Campina da Lagoa, Braganey, Anahy, Iguatu, Corbélia, Ubiratã, Nova Aurora, Quarto Centenário, Goioerê, Mariluz, Alto Piquiri, Formosa do Oeste, Brasilândia do Sul, Assis Chateaubriand, Palotina, Iporã, Francisco Alves, Terra Rocha e Altônia.[1] Seu curso alimentava, em 2012, um total de 15 usinas hidrelétricas.[2]

A principal atividade econômica na região é a agropecuária, com destaque às culturas da soja, mandioca, cana-de-açúcar e milho.[1] Sua sub-bacia abrange uma área total de cerca de 24 mil km², apresentando clima subtropical e com chuvas bem distribuídas ao longo do ano — sem estação seca definida e com índice pluviométrico médio de 1 600 mm[3] — e os tipos de solos são os Latossolos, Nitossolos, Argissolos, Gleissolos, Cambissolos e Neossolos.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e Instituto das Águas do Paraná. Caracterização da Bacia Hidrográfica do Rio Piquiri. Página visitada em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 18 de junho de 2014.
  2. Umuarama Ilustrado (27 de março de 2012). Rio Piquiri está a um passo de perder suas belezas naturais e outras riquezas. Página visitada em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 18 de junho de 2014.
  3. Instituto das Águas do Paraná. Bacia Hidrográfica do Rio Piquiri - aspectos físicos. Página visitada em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 18 de junho de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.