Quake II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde outubro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Quake II
Capa da versão para Windows.
Produtora id Software
Editora(s) Activision
Hyperion Entertainment (Amiga)
Virgin Interactive (Playstation, Linux)
Activision Blizzard/Valve Corporation (Steam)
Motor id Tech 2
Plataforma(s) Amiga, Macintosh, Nintendo 64, PC (BeOS/Linux/Windows), PlayStation, Xbox 360 (junto com Quake 4), Zeebo
Data(s) de lançamento 9 de dezembro, 1997
Gênero(s) Tiro em primeira pessoa
Modos de jogo Single player, multiplayer
Número de jogadores 1 em single player, 2 a 8 em multiplayer
Classificação Inadequado para menores de 18 anos i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Recomendado para públicos maduros i OFLCA (Austrália)
Inadequado para menores de 16 anos i PEGI (Europa)
Inadequado para menores de 18 anos i USK (Alemanha)
Permitido para maiores de 15 anos, especialmente a faixa de 15-17 anos ELSPA (Reino Unido)
Média CD-ROM, Download (Zeebo)
Requisitos mínimos Intel Pentium 90 Mhz, 16 MB-RAM, Placa de vídeo 2 MB, Modem 56 Kbps, Disco rígido de 200 MB

Quake II é um jogo de computador FPS (tiro em primeira pessoa) desenvolvido pela id Software (produtora da renomada série DOOM), distribuído pela Activision e lançado em 9 de dezembro de 1997,. Não se trata de uma sequência de Quake, meramente utiliza o nome do jogo original devido as dificuldades na aquisição de uma marca comercial para os nomes alternativos. A trilha sonora de Quake II foi essencialmente fornecida pelo Sonic Mayhem, com algumas faixas adicionais por Bill Marrom.

O jogo seguinte lançado pela id com o título Quake, Quake III Arena, também não se considera ser relacionado com Quake e Quake II pois é focado em multiplayer, e tem um enredo diferente. A sequência direta, intitulada Quake 4, foi lançada em outubro de 2005 para o PC (Microsoft Windows e GNU / Linux), e mais tarde para o Xbox 360 e o Apple Macintosh. Um pré-sequência de Quake II, Enemy Territory: Quake Wars, foi produzido pela Splash Damage. Um port para a plataforma Zeebo foi lançado em 2009.

Características[editar | editar código-fonte]

Quake usa a mesma tecnologia mais atualizada de Hub System, similar ao jogo Hexen da série Heretic/Hexen, mas com fases extras em cada "episódio" e alguns saltos especiais a algumas fases comuns.

Os gráficos poligonais, acompanhado dos efeitos de luz e sonoros revolucionaram os jogos da época, servindo de base pra modelação de jogos mais recentes. O modo multijogador foi um dos pontos mais marcantes, travando intensas batalhas no modo deatmatch, team, entre outros aprimorados e lançados depois em um jogo exclusivo chamado (Quake III Arena).

As exigências para rodar Quake hoje são obsoletas. Qualquer K6-II 500 roda perfeitamente o jogo.

Quake II, um dos jogos mais aclamados da época, ainda hoje apresenta fãs, que continuam a jogar num ato de nostalgia...

História[editar | editar código-fonte]

Quake II ocorre em um ambiente de ficção científica. No modo single-player, o jogador assume o papel de um marinheiro chamado Bitterman que participa na Operação "Alien Overlord", uma tentativa desesperada para proteger a Terra de uma invasão alienígena, lançando um contra-ataque no planeta natal da hostil civilização cibernética Strogg. A maior parte dos outros soldados são capturados ou mortos logo após a sua entrada na atmosfera do planeta, de modo que recai sobre o jogador penetrar na cidade capital Strogguiana sozinho e, por fim, assassinar o líder Strogg, Makron.

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.