Sexy (revista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Revista Sexy)
Ir para: navegação, pesquisa
Sexy
Capa de edição de janeiro de 2010 da revista Sexy com Bárbara Koboldt na capa
Editor Henrique Rossi
Editores anteriores Edson Aran
Palmério Dória
Frequência mensal
Editora Editora Rickdan
Circulação 47.990 [1]
Categoria revista masculina
País  Brasil
Idioma português
Primeira edição Novembro de 1992
revistasexy.com.br
Sexy Premium
Slogan SexyPremium.com.br é a maior mídia social adulta de encontros do Brasil.
Gênero Portal
País de origem  Brasil
Idiomas Português
Lançamento Julho de 2001
Página oficial Sexypremium.com.br

Sexy é uma revista brasileira dedicada ao público masculino. Tem periodicidade mensal e é publicada pela Editora Rickdan Ltda., com sede na cidade de São Paulo. É a principal concorrente da revista Playboy no Brasil, e já teve em suas páginas mulheres como Anamara Barreira, Andressa Urach, Carol Dias, Viviane Araújo, Nana Gouvêa, Núbia Oliveira, Cristina Mortágua e Geisy Arruda.

Mari Alexandre é a recordista de vendas e capas para revista, foram no total 7 ensaios e mais de 410 mil exemplares vendidos.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1992, o editor da revista Interview, Michael Koellreutter, percebendo que seus entrevistados não tinham problemas em falar de sexo, lançou como complemento da revista a Sexy Interview. A primeira versão, sem ensaios nus, foi publicada pela Art Editores (subsidiária da Editora Abril responsável pela Interview) e teve a atriz Carolina Ferraz na capa. A revista era trimestral, e só foi reduzida a Sexy na quarta edição no ano seguinte, com a modelo Patrícia Machado (ex de Ayrton Senna) na capa. Ainda assim, muitos se referiam à revista como "Sexy Interview".[2] O primeiro editor foi Palmério Dória, que se manteve no cargo até 1999 e lembrou as entrevistas da revista no seu livro Evasão de Privacidade ((2001).[3]

Em 1995, dois editores que saíam da Abril, Ângelo Rossi e Ana Fadigas, mais o empresário Otávio Mesquita, compraram a Sexy para ser um dos primeiros títulos de sua nova editora, Fractal.[4] Em 1999, Rossi saiu da Fractal levando a Sexy para sua nova editora, a Rickdan, que publica a revista até hoje.[5]

Antigamente era identificada como uma revista mais explícita e ousada que sua principal concorrente, isso significa a visão menos pudica do corpo feminino, com maior visualização de sua genitália. No entanto, passou, em 2004 sob o direção do editor Edson Aran, por uma reformulação, adotando um estilo mais parecido com o da Playboy, tornando-se mais pudica, o que gerou descontentamento entre seu público. A mudança, resultou, entretanto, na presença de grandes estrelas que antes não se imaginava poderem posar para a revista, como Cissa Guimarães, Marisol Ribeiro, Carla Regina e Scheila Carvalho. O crescimento apresentado, fez a Playboy chamar Aran para ser seu novo diretor de redação em 2006.[6]

O atual editor é Henrique Rossi, filho de Adriano.[7]

Redação[editar | editar código-fonte]

  • Diretor: - Henrique Rossi
  • Editora executiva: - Susanne Sassaki
  • Redator Chefe: Fel Mendes
  • Editor Assistente: Juliano Coelho

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

A revista Sexy, ou Sexy Estilo é uma mensal revista masculina de amplo conteúdo, uma das duas principais do país com ensaios de nu feminino, além disso, conta com entrevistas e seções diversas para o entretenimento do público masculino e seu numero de paginas está fixado em 98. A publicação também traz edições especiais, como a tradicional Edição Especial As Melhores do Ano.

A revista apresentou varias mudanças com o passar dos anos, é uma revista com conteúdo mais jovem do ponto de vista do publico alvo. A revista tem como simbolo uma Pimenta e tem como lema a frase "Mulher Bonita é Aqui".

Sessões[editar | editar código-fonte]

  • Carta do Editor: O Redator Chefe faz uma breve apresentação da edição mensal da revista.
  • Gente que rala: Um breve destaque a importantes colaboradores da revista na edição.
  • Fala que eu te escuto: Duas paginas dedicadas a fans, geralmente com comentários sobre a edição anterior.
  • Pin-Up: Duas paginas dedicadas a uma mulher, geralmente uma celebridade mais conhecida, com um texto comentário sobre a mesma.
  • Pimentinhas: Apresenta uma foto de garotas comuns, com um breve perfil. Nos últimos anos acompanhadas de uma frase em tom humorístico e um breve comentário das modelos sobre si mesmas.
  • Sexy Machine: Fala sobre carros e motocicletas.
  • Gadgets: Uma nota sobre tecnologias e aparelhos diversos, como Aparelhos de barbear, aplicativos de celular e etc.
  • QQ nota:Anteriormente Qualquer Nota, como o nome já diz, uma breve matéria sobre coisa qualquer.
  • Filmes: Notas sobre filmes, geralmente aqueles que envolvem mulheres bonitas em cenas de sexo ou nudez.
  • Musica: Notas sobre música, algumas vezes sobre lançamentos de CDs, outras falando de artistas consagrados e etc.
  • Livros: Notas sobre Livros, em maior parte das edições, sobre livros com conteúdo erótico.
  • Entrevistas: Entrevistas com pessoas populares, com número variante de paginas. Ultimamente, vem sendo intitulada de "O Sentido da Vida".
  • Ensaios com nu feminino: Geralmente são três ensaios, um, com a estrela de capa, que leva boa parte das paginas da publicação, e dois menores, com modelos de pouca popularidade.
  • Matéria: Diversas matérias especiais são inseridas na revista, com conteúdo diverso.
  • Na estica: Fala sobre vestimenta e acessórios, dando dicas e geralmente envolvendo propaganda.
  • Mixologia: Fala sobre bebidas alcoólicas.
  • Sexyonario: Feita por Nana Goes, apresenta primeiro uma dica da mesma, depois, a mesma apresenta algumas respostas a duvidas de leitores.
  • Piadas: Sempre fechando a revista, aparece a sessão das piadas, sempre acompanhada de uma ilustração assinada por Marco Jacobsem.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Geralmente sobre Música, Filmes e Livros, a revista por meio de seus colaboradores classifica os itens de acordo com sua qualidade por meio de avaliação dando pimentas conforme a intensidade de qualidade dada pelos mesmos.

  • Chili - 5 pontos
  • Malagueta - 4 pontos
  • Jalapeño - 3 pontos
  • Pimenta-do-reino - 2 pontos
  • Biquinho - 1 ponto.

Ensaios Internacionais[editar | editar código-fonte]

Capa Data Local
Carol Nakamura Novembro de 2011
México
Cancun
Geisy Arruda Novembro de 2010
Uruguai
Punta del Este
Mayra Dias Gomes Julho de 2010
Estados Unidos
Los Angeles
Daniela Muzzi Grecco Dezembro de 2008
França
Paris
Ellaine Alves Novembro de 2008
Uruguai
Punta del Este
Sheila Mello Novembro de 2007
Chile
Atacama
Carla Regina Abril de 2007
Colômbia
Cartagena

Versões[editar | editar código-fonte]

Premium[editar | editar código-fonte]

Revista "irmã" da Sexy, destacou-se pelos ensaios mais "ousados". Ganhou um destaque ainda maior após a reformulação da revista Sexy em 2004. Em suas capas passaram sempre belas mulheres, mas que nem sempre eram conhecidas pelo país, como Fernanda Corbari, Dayse Brucieri e Vivi Fernandez.

Sua primeira edição ocorreu em Junho de 2003 com o título de Sexy Especial - Série Premium. Em Agosto de 2003 foi trocada para Sexy Premium e em Novembro de 2004 passou para o nome " Premium ".

Sua ultima edição ocorreu em Maio de 2009

Sexy Total[editar | editar código-fonte]

Em formatinho, publica, em geral, apenas um ensaio por edição. Não raro, de uma modelo que já tenha posado para uma das duas outras revistas. Mensalmente, aparecem em suas páginas histórias em quadrinhos da personagem Tianinha, criação do desenhista Laudo Ferreira Jr.[8] Sua primeira edição foi lançada em Agosto de 2000, e a revista foi cancelada junto à Premium em 2009, após 107 edições.[9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]