Serguei Bubka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serguei Bubka
campeão olímpico
Atletismo
Nome completo Serguei Nazarovich Bubka
Modalidade salto com vara
Nascimento 4 de dezembro de 1963 (50 anos)
Luhansk, Óblast de Luhansk
Nacionalidade  Ucrânia
Compleição Peso: 80 kg Altura: 1,83m
Medalhas
Jogos Olímpicos
Competidor da  União Soviética
Ouro Seul 1988 Salto com vara
Campeonatos Mundiais
Competidor da  União Soviética
Ouro Helsínquia 1983 Salto com vara
Ouro Roma 1987 Salto com vara
Ouro Tóquio 1991 Salto com vara
Competidor da  Ucrânia
Ouro Stuttgart 1993 Salto com vara
Ouro Gotemburgo 1995 Salto com vara
Ouro Atenas 1997 Salto com vara
Campeonatos Mundiais – Indoor
Competidor da  União Soviética
Ouro Paris 1985 Salto com vara
Ouro Indianapolis 1987 Salto com vara
Ouro Sevilha 1991 Salto com vara
Competidor da  Ucrânia
Ouro Barcelona 1995 Salto com vara
Campeonato Europeu
Competidor da  União Soviética
Ouro Stuttgart 1986 Salto com vara

Serguei Nazarovitch Bubka[1] (em ucraniano: Сергій Назарович Бубка, transl. Serhiy Nazarovytch Bubka; Voroshilovgrad, 4 de dezembro de 1963) é um ex-atleta ucraniano especializado em salto com vara. É considerado por muitos o maior saltador com vara de todos os tempos, cujos destaques na carreira são as seis vitórias consecutivas no Campeonato Mundial de Atletismo a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1988 e a quebra de 35 recordes mundiais de salto com vara (17 ao ar livre e 18 em recintos fechados).[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ficheiro:Serhij Bubka.jpg
Estátua de Bubka em Donetsk

Nas mãos do treinador Vitaly Petrov, começou a se destacar nas competições locais, primeiro com o mencionado salto de 2,70 metros aos 11 anos e logo superando os cinco metros com 16 anos.

Em 1981 seu nome saiu do anonimato internacional quando foi o sétimo do Campeonato Europeu Júnior. A esta altura, seu potencial causava admiração. De fato, apesar de ter se classificado como oitavo no campeonato nacional, o treinador da equipe soviética, Igor Ter-Ovanessian, incluiu-o na seleção que participaria no primeiro Campeonato Mundial de Atletismo, em Helsinki, em 1983.

Lá saltou para a fama. Com uma altura de 5,70 m, conseguiu o campeonato mundial na primeira edição dessas competições. A partir daí se empenhou para mostrar que seu título não tinha sido conseguido por acaso. Melhorou ano após ano. Em 1984 conseguiu seus primeiros recordes mundiais. O primeiro em competições em ambientes fechados estabelecendo uma marca de 5,81 metros, que quebrou posteriormente em três ocasiões. Logo, ao ar livre, marcou outro com 5,85 m, que ele mesmo superou quatro vezes. Naquele ano bateu nove recordes mundiais, no total.

Tudo teria sido perfeito se o bloco comunista não houvesse boicotado os Jogos Olímpicos de Los Angeles. Provavelmente, essa teria sido sua primeira medalha olímpica. Mas ele soube esperar e quatro anos depois, em Seul, a ganhou. Sucederam-se os campeonatos mundiais. Até ao de Sevilha, ganhou todos: Roma 87, Tóquio 91, Estugarda 93, Gotemburgo 95 e Atenas 97.

A hegemonia de Bubka parecia inabalável. Teve seus altos e baixos, mas se recuperava quase de imediato. Em competições sob teto, seu recorde foi batido pelo francês Thierry Vigneron (5,85 m em 1984) e pelo americano Billy Olson (5,86 m em 1985). Vigneron superou ao ar livre a marca de Bubka, impondo a sua própria, de 5,91 m, superior em um centímetro. Mas dez minutos depois Serguei mostrou sua garra ao chegar três centímetros mais alto e deixar em segundo o francês.

Bubka tem sido incansável até para o próprio Bubka. Nem ele mesmo conseguiu bater o seu recorde de 6,15 m em local fechado, conquistado em 21 de fevereiro de 1993. Se aproximou, com outro recorde mundial, num salto de 6,14 m ao ar livre em 31 de julho de 1994. Ambos seguem valendo e parecem difíceis de serem batidos. O melhor saltador do momento, o russo Maksim Tarasov, tem a marca de 6,05 m.

As lesões começaram prejudicar o grande saltador. Na última competição seu tendão de Aquiles foi seu principal obstáculo.

Alguns feitos da carreira de Sergei Bubka:

  • 1983 - Ganha o Mundial de Helsinki aos 19 anos
  • 1984 - Quebra o recorde mundial pela primeira vez, saltando 5,85 m
  • 1985 - Torna-se o primeiro homem a ultrapassar a marca dos 6 m
  • 1988 - Conquista a sua única medalha olímpica, ouro em Seul
  • 1994 - Quebra pela 35ª vez o recorde mundial, saltando 6,14 m
  • 1995 - Quebra o recorde mundial indoor, saltando 6,15 m
  • 2001 - Abandona o atletismo aos 37 anos

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dicionário Olímpico - Folha de São Paulo.
  2. Bubka says farewell (em inglês) BBC (4 de fevereiro de 2001). Página visitada em 19 de agosto de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]