Sofia Filipa de França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Princesa Sófia

Sofia de França (27 de julho de 1734 - 2 de março de 1782) foi uma princesa francesa. Era a sexta filha de Luís XV de França e Maria Leszczynska. Como filha do rei foi Fille de France. Mais tarde foi conhecida como Madame Sophie.

Vida na corte[editar | editar código-fonte]

Teve uma vida muito tranquila na corte. Formou junto com suas irmãs, Maria Adelaide e Vitória um trio para expulasar da corte a então amante do Rei ,Madame du Barry. As três irmãs foram conhecidas como "Les Mesdames".

Madame la Dauphine[editar | editar código-fonte]

Com a chegada da então Delfina Maria Antonieta as coisas pareciam estar a seu favor, já que esta parecia seguir qualquer dos seus conselhos, e o primeiro deles era ignorar a favorita do rei.

Tudo ia muito bem até que Sofia se meteu no assunto da Imperatriz Maria Teresa de Áustria, mãe de Maria Antonieta, que conseguiu persuadir a filha a dizer algumas palavras a favorita do rei, estas palavras foram: "Há muita gente em Versailles hoje.", estas foram as primeiras e unicas palavras que maria Antonieta dirigiu a Madame du Barry. Estas palavras simbolizaram também a perda de influencia de Les Mesdames sobre a delfina.

Ascensão da Delfina e queda de "Les Mesdames"[editar | editar código-fonte]

Com a subida ao poder da rainha Maria Antonieta a influencia de Madame Sofía na corte caiu totalmente já que ela e suas irmãs não teriam influencia sobre a Rainha, pela recente aparição da Princesa de Lamballe e mais tarde de Yolanda de Polastron, mais conhecida como "Duquesa de Polignac". A perda de influencia fez com que sua morte passasse despercebida em 2 de Março de 1782.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Maria Antonieta, do esplendor a tragédia; autor Jean Chalon