This Is It (turnê)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
This Is It
Turnê de Michael Jackson
Data de início 13 de julho de 2009
Data de fim 6 de março de 2010
Número de
apresentações
50
Cronologia de turnês de Michael Jackson
Último
Último
HIStory World Tour
(1996/1997)
Próximo
Próximo

A This is It (também conhecida como This is It Tour) seria uma série de 50 concertos do famoso cantor e compositor americano Michael Jackson, na The O2 Arena, em Londres, Reino Unido, que teria início em 13 de Julho de 2009, e tinha previsão de término para 6 de março de 2010 — mas que teve de ser cancelada pela morte do cantor em 25 de junho de 2009, 18 dias antes do primeiro show. Seria sua turnê final e as primeiras apresentações ao vivo do cantor desde 2001, ano de lançamento de seu último álbum em vida, Invincible. Originalmente seriam apenas 10 concertos, porém com a gigantesca expectativa dos fãs[1] , e com os ingressos esgotando-se em tempo recorde[2] [3] , foram adicionados mais 40 shows para a turnê, resultando num total de 50.

A sem precedentes procura do público por ingressos dos shows, na época, incentivou a produtora da turnê, a AEG Live a planejar uma "turnê de despedida" em nível mundial de Jackson, com shows exatamente iguais aos de Londres[4] . Posteriormente, os ensaios para os shows, realizados entre abril e junho de 2009 em Los Angeles, na Califórnia, no Staples Center, gravados inicialmente para o acervo pessoal do cantor, foram transformados no filme Michael Jackson's This Is It[5] , idealizado por Kenny Ortega, amigo de Jackson e diretor da turnê, tendo sido lançado mundialmente em 28 de outubro de 2009, se tornardo o documentário/filme musical com maior bilheteria de todos os tempos[6] .

Anúncio[editar | editar código-fonte]

No dia 5 de março de 2009, Michael Jackson anunciou na cidade de Londres sua tão esperada volta aos palcos. Aproximadamente 7.000 fãs e 350 repórteres aguardavam ansiosamente pelo grande anúncio que o Rei do Pop faria aquela tarde, até que, com 2 horas de atraso, eis que Michael Jackson surge, em cima de um palco improvisado.

Cquote1.svg I just wanted to say that these will be my final show performances in London. When I say this is it, it really means this is it (Eu só queria dizer que essas serão minhas últimas apresentações em Londres. Quando eu digo que 'é isso aí', realmente quero dizer que 'é isso aí') Cquote2.svg
Michael Jackson, anunciando a This is It Tour em 5 de março de 2009

Até então seriam apenas 10 apresentações (em agosto de 2009 foi divulgado à imprensa o verdadeiro contrato que Michael assinou e nele consta que seriam realizados 31 shows), mas segundo a AEG Live, empresa que o contratou para as apresentações, a procura para esses shows foi tão grande que eles tiveram de abrir mais 20 datas em agosto e setembro de 2009 e mais 20 no começo de 2010, totalizando assim, 50 apresentações.

Set-list[editar | editar código-fonte]

Datas[editar | editar código-fonte]

Abaixo, as datas das apresentações que seriam realizadas em Londres, entre julho de 2009 e março de 2010[7] :

Data Cidade País Local
2009
Julho
13 de julho Londres Reino Unido Reino Unido The O2 Arena
16 de julho
18 de julho
22 de julho
24 de julho
26 de julho
28 de julho
30 de julho
Agosto
1º de agosto Londres Reino Unido Reino Unido The O2 Arena
3 de agosto
10 de agosto
12 de agosto
17 de agosto
19 de agosto
24 de agosto
26 de agosto
28 de agosto
30 de agosto
Setembro
1º de setembro Londres Reino Unido Reino Unido The O2 Arena
3 de setembro
6 de setembro
8 de setembro
10 de setembro
21 de setembro
23 de setembro
27 de setembro
28 de setembro
2010
Janeiro
7 de janeiro Londres Reino Unido Reino Unido The O2 Arena
9 de janeiro
12 de janeiro
14 de janeiro
16 de janeiro
18 de janeiro
23 de janeiro
25 de janeiro
27 de janeiro
29 de janeiro
Fevereiro
1º de fevereiro Londres Reino Unido Reino Unido The O2 Arena
3 de fevereiro
8 de fevereiro
10 de fevereiro
12 de fevereiro
14 de fevereiro
16 de fevereiro
18 de fevereiro
20 de fevereiro
22 de fevereiro
24 de fevereiro
Março
1º de março Londres Reino Unido Reino Unido The O2 Arena
3 de março
6 de março

Veja mais em:

Homenagem ao Turnê[editar | editar código-fonte]

  • O cantor e cover de MJ, Rodrigo Teaser anunciou em 2011 em uma vídeo conferência, a realização do Tributo This Is It que tem como objetivo recriar a estrutura da turnê que o rei do pop planejava levar ao mundo, e que foi cancelada devido a morte.
    • A primeira apresentação, prevista inicialmente para setembro de 2011 e posteriormente adiada para junho de 2012, aconteceu na casa de shows Skyline, em São Paulo. O espetáculo recria praticamente toda a estrutura e roteiro do show, desde os efeitos especiais até figurinos e, principalmente as coreografias. Esse foi também o primeiro show do cover cantando ao vivo com banda e teve a participação da cantora Vanessa Jackson, em que performou "I Just Can't stop loving you". Na abertura, reproduziu um traje usado no teaser de HIStory. Em demais momentos do show, foram utilizados os trajes dos ensaios para a turnê, ou em alguns casos, reproduções dos figurinos que seriam utilizados em palco.
    • A curiosidade é que na apresentação de "They Don't Care About Us", foi acrescentada uma pequena parte de 'Immortal Version' da mesma.
    • Atualmente, o Tributo This Is It é o maior show cover e o maior tributo á Michael Jackson já produzido. Devido a reforma do repertório e tentativa de elementos do show, "Tributo This Is It" passa a se chamar "Tributo ao Rei do Pop".
  • O cover japonês Bluetree (do grupo MJ-Spirit), reproduziu um espetáculo teatral com os figurinos que Michael iria se vestir na turnê.
    • O espetáculo contou com dançarinos (contando com covers de alguns músicos, incluindo Orianthi), telão, e alguns efeitos especiais. Foram fielmente reproduzidos os trajes de Michael Jackson para as canções "Wanna Be Starting Something", "Man In The Mirror", "Jackson 5 Medley", "Heal The World", "Thriller" e "Billie Jean", contando que nesta última estava presente a jaqueta e a luva com LED que acendem durante a performance.
    • Foi também utilizado um roteiro coerente com o filme "Michael Jackson's This Is It", seguindo a ordem das canções e elementos presentes em cada musica.
    • Além da adição de algumas músicas do álbum Michael de 2010.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora do filme foi lançada pela Sony no dia 26 de outubro .

Veja mais em:


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]