Walter Rudin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Walter Rudin
Matemática
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 2 de maio de 1921
Local Viena
Morte 20 de maio de 2010 (89 anos)
Atividade
Campo(s) Matemática
Alma mater Universidade Duke
Tese 1949: Uniqueness Theory for Laplace Series
Orientador(es) John Jay Gergen
Prêmio(s) Prêmio Leroy P. Steele (1993)


Walter Rudin (Viena, 2 de maio de 192120 de maio de 2010)[1] foi um matemático estadunidense.

Foi professor de matemática da Universidade do Wisconsin-Madison. É conhecido por três de seus livros sobre análise matemática: Principles of Mathematical Analysis, Real and Complex Analysis e Functional Analysis.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rudin nasceu numa família judia na Áustria, em 1921. Após o Anschluss em 1938 eles fugiram para a França. Após esta ter-se rendido aos alemães em 1940, Rudin fugiu para a Inglaterra e serviu a marinha britânica até o fim da Segunda Guerra Mundial. Após a guerra foi para os Estados Unidos, obtendo o doutorado na Universidade Duke, em 1949. Foi depois instrutor Moore no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, sendo depois professor da Universidade do Wisconsin-Madison, onde lecionou 32 anos.[1]

Em 1953 casou com a matemática Mary Ellen Rudin. Residiram em Madison, na Walter Rudin House, projetada pelo arquiteto Frank Lloyd Wright.

Rudin faleceu em 20 de maio de 2010, após padecer da doença de Parkinson.[1]

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Principles of Mathematical Analysis
  • Real and Complex Analysis
  • Functional Analysis
  • Fourier Analysis on Groups
  • Function Theory in Polydiscs
  • Function Theory in the Unit Ball of Cn
  • The Way I Remember It (autobiografia, 1991)

Referências

  1. a b c Ziff, Deborah. "Noted UW-Madison mathematician Rudin dies at 89", 21 de maio de 2010. Página visitada em 1 de dezembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.