Alexandre Porpetone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alexandre Porpetone
Pseudônimo(s) Cabrito Tévez
Nascimento 25 de dezembro de 1977 (38 anos)
São Paulo, SP  Brasil
Ocupação Radialista
Humorista

Alexandre Porpetone (São Paulo, 25 de dezembro de 1977) é um radialista e humorista brasileiro.

Com a atual marca de mais do que 150 imitações de vozes de famosos, é um dos mais reconhecidos imitadores e humoristas do País.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Início no rádio[editar | editar código-fonte]

Alexandre começou fazendo diversas imitações e textos de humor em rádios FM paulistanas, durante 3 anos foi humorista do programa Estádio 97 na rádio Energia 97. Depois, transferiu-se para a Rádio Transamérica[1][2] onde apresentava o programa de humor esportivo Galera Gol e fazia imitações no programete "Rachando o Bico" na mesma emissora[1][3].

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Em 2004, foi convidado por Roberto Avallone a ingressar na TV começando no programa esportivo Bola na Rede comandado na RedeTV! pelo jornalista ao vivo aos domingos, onde imitava os jogadores e técnicos de futebol – muitas vezes na presença dos próprios.

Desde 2006, participa com quadro fixo do programa humorístico A Praça É Nossa[2] do SBT, onde interpreta paródias de diversas celebridades e também. Desde 2010, faz sucesso no Programa Silvio Santos no quadro "Jogo dos Pontinhos" com o seu personagem Cabrito Tevez[3], além de fazer participações em diversos outros programas da emissora.

Ao longo do País, passou a também praticar a Comédia stand-up em diversos teatros e eventos.

Em 2014 estreou no Arena SBT, e em novembro de 2015 deixa a Transamérica sem nenhum alarde.

Personagens

Seus mais famosos bordões são: "La Pregunta?" (Cabrito Tévez), "segura la niña!" (Cabrito Tévez), "tanta producion para absolutamente nada" (Cabrito Tévez), "mira lo talento y la performance, e se descabele de inveja" (Cabrito Tévez), "Acho estranho muy estranho, porque brasileño adora ajudar argentino" (Cabrito Tévez), "que absurdo" (Cabrito Tévez), "No soy yo" (Cabrito Tévez), 'Soy arrogantemente humilde" (Cabrito Tévez), "Jogarrr, você disse: Jogarr" (Ronalducho), "Pega nessa bola baralho" (Vanderley Luxisburguer), "Corta aqui pra mim, corta aqui pra mim meu camarada!!!!!" (Marcelo Revende)''É uma barbaridade monstra!''.

Referências

  1. a b Rádio Transamérica. «Rachando o Bico». transanet.com.br. Consultado em 2 de janeiro de 2014. 
  2. a b «Artista: Alexandre Porpetone». Risadaria. Consultado em 2 de janeiro de 2014. 
  3. a b Flavio Florido/UOL (20 de novembro de 2012). «Imitações de Alexandre Porpetone divertem [[José Ferreira Neto|Neto]]». BOL Notícias. Consultado em 2 de janeiro de 2014.  Texto " durante entrevista ao programa "Papo Reto"" ignorado (Ajuda); Ligação wiki dentro do título da URL (Ajuda)
  4. «Lista: Confira os divertidos personagens de Alexandre Porpetone». SBT. 11 de julho de 2011. Consultado em 2 de janeiro de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre humoristas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.