Amor de Deus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Amor de Deus (desambiguação).

O amor de Deus[1] é um conceito central nas concepções monoteístas de Deus. Na teologia, este amor é o atributo divino segundo o qual Deus deseja dirigir-se ou comunicar-se bondosamente à sua criação. Nas palavras do teólogo calvinista Louis Berkhof, este amor é "a perfeição de Deus pela qual Ele é movido eternamente à Sua própria comunicação". Em virtude da santidade divina, Deus "ama as Suas criaturas racionais por amor a Si mesmo, ou, para expressá-lo doutra forma, neles Ele se ama a Si mesmo, Suas virtudes, Sua obra e Seus dons"[2].

Referências

  1. Claudio Crispim. «Deus é amor». Estudos Bíblocos. Consultado em abril de 2016. 
  2. Berkhof, Teologia Sistemática.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Teologia ou sobre um teólogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.