Andy Bogard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Andy Bogard
Informações gerais
Série de jogos Fatal Fury e The King of Fighters
Primeiro jogo Fatal Fury: King of Fighters
Dublador japonês Keiichi Nanba no Japão
Informações pessoais
Sexo Masculino
Aniversário 16 de Agosto de 1972
Terra natal Estados Unidos
Afiliação Jeff Bogard (Pai Adotivo), Terry Bogard (irmão mais velho), Mai Shiranui (interesse amoroso)
Habilidade especial Meditação
Estilo(s) de luta Koppouken e Shiranuiryu ninjutsu

Andrew "Andy" Bogard (アンディ・ボガード, Andī Bogādo?) é um personágem de Video game criado pela empresa produtora de jogos eletrônicos SNK. Andy faz parte das séries Fatal Fury e The King of Fighters e também é irmão mais novo do famoso personagem Terry Bogard.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Após presenciar o assassinato de seu pai adotivo, Jeff Bogard, pelas mãos de Geese Howard, Andy e seu irmão, Terry Bogard, juraram vingança contra Geese e passaram a dedicar suas vidas à luta. Enquanto Terry continuava nas ruas de South Town, Andy foi ao Japão treinar sob orientação de Hanzo Shiranui, mestre em ninjutsu e velho amigo de Tung Fu Rue. Assim, Andy tornou-se um grande lutador do Shiranui-ryu (estilo shiranui) e koppo-ken (espécie de combate ninja sem armas), além de conquistar a neta de seu mestre: Mai Shiranui, que diz ser noiva de Andy. Depois de vencer o lutador de Muay Thai, Joe Higashi, Andy e Joe viajam do Japão aos Estados Unidos, juntos, para competir na primeira versão do torneio The King of Fighters, organizado por Geese Howard. Durante o campeonato, Andy tenta matar Geese com as próprias mãos, mas o poder de seu inimigo era forte demais e Andy teve de ser salvo da morte por seu irmão. Andy finalmente reconhece a superioridade de Terry (por sinal, bastante desapontado) e volta ao Japão para continuar seu treinamento. Após a morte de Geese Howard e a queda da primeira South Town, Andy passa a se dedicar ao treinamento de seu aprendiz: Hokutomaru.

Perfil de personalidade[editar | editar código-fonte]

Ao contrário de seu irmão, Andy é um lutador sério e concentrado; porém, é vingativo e possui uma obsessão por seu treinamento, deixando os sentimentos de lado para que isso não o atrapalhe. Andy parece também ser mais maduro que seu irmão mais velho, Terry. Andy nunca ganhou nada sobre seu irmão e parece sofrer de um complexo de inferioridade por causa disto. Ele o respeita e ainda sente que um dia poderá superá-lo.

Ele também é apaixonado por Mai, mas raramente se expressa, o próprio sente que ainda não está maduro o suficiente para lidar com casamento e treinamento ao mesmo tempo. Ele parece perplexo com as ações de Mai para ele, mas fará tudo que puder para protegê-la. Seu relacionamento é normalmente utilizado para o efeito cômico em Fatal Fury e King of Fighters.

Porém em The King of Fighters XIV, os dois finalmente entraram oficialmente em um relacionamento amoroso.

Aparência e vestuário[editar | editar código-fonte]

Andy é retratado como um homem jovem de cabelos louros compridos e olhos azuis (assim como seu irmão Terry), suas vestimentas variam de acordo com o jogo, normalmente utilizando roupas predominantemente brancas de combate com detalhes vermelhos ou pretos (como em KOF: Neowave).

Estilo de Luta[editar | editar código-fonte]

Andy emprega Koppouken (arte marcial de destroncar e quebrar os ossos) como seu estilo de luta. Koppouken é uma antiga arte marcial japonesa que tem alguns movimentos de caratê e ninjutsu. Algum tempo depois de dominar o Koppouken, Andy foi aprender o Shiranui-ryuu Ninjutsu com Hanzo Shiranui.

Trívia[editar | editar código-fonte]

  • No anime Fúria Total, o cabelo de Andy foi pintado de azul. Estranhamente, isso parece ter sido ignorado na continuação Fatal Fury 2: O desafio de Krauser.
  • Andy, na verdade, possui sentimentos por Mai, mas os esconde porque, segundo ele, "isso irá atrapalhar seus treinamentos". Porém esses sentimentos são revelados depois.
  • Terry está bem ciente do desejo de Andy para ultrapassá-lo e o reconhece como seu maior rival de vida. Para combater os esforços de seu irmão, Terry se esforça constantemente para melhorar a si mesmo, combatendo os adversários mais fortes.
  • Seu apelido oficial é "A Arma Humana" (The Human Weapon).
  • Andy participava de todos os The King of Fighters até deixar o Fatal Fury Team em 2003. Porém Andy retornou ao "Fatal Fury Team" no The King of Fighters XIII.

Jogos e personagens relacionados[editar | editar código-fonte]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]