Arquidiocese de Natal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Arquidiocese de Natal
Archidiœcesis Natalensis
Catedral Metropolitana de Nossa Senhora de Apresentação, Sé Metropolitana da Província Eclesiástica de Natal
Localização
País  Brasil
Dioceses sufragâneas Caicó
Mossoró
Estatísticas
População 1 923 667
Área 25 153 km²
Paróquias 109
Sacerdotes 199
Informação
Rito Romano
Criação da diocese 29 de dezembro de 1909 (111 anos)
pela Bula Apostolicam in Singulis do Papa Pio X
Elevação a arquidiocese 16 de fevereiro de 1952 (69 anos)
pela Bula Arduum Onus do Papa Pio XII
Catedral Catedral Metropolitana de Natal
Padroeiro Nossa Senhora da Apresentação
Governo da arquidiocese
Arcebispo Jaime Vieira Rocha
Vigário-geral Padre Paulo Henrique da Silva
Arcebispo emérito Matias Patrício de Macêdo
Heitor de Araújo Sales
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Outras informações
Endereço Avenida Floriano Peixoto, 574 (Tirol), Natal,  Rio Grande do Norte
Página oficial http://www.arquidiocesedenatal.org.br
Mapa
Mapa da área da arquidiocese
dados em catholic-hierarchy.org

A Arquidiocese de Natal (Archidioecesis Natalensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no estado do Rio Grande do Norte. É a Sé Metropolitana da Província Eclesiástica de Natal, tendo duas dioceses sufragâneas: Caicó e Mossoró. Sua padroeira é Nossa Senhora da Apresentação, que também é a santa padroeira de Natal. Pertence ao Conselho Episcopal Nordeste II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Ocupa uma área de mais de 25 mil km², quase metade do território estadual.

História[editar | editar código-fonte]

Imagem de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira de Natal e da arquidiocese, na Catedral Metropolitana

A diocese de Natal foi criada em 29 de dezembro de 1909, o Papa Pio X, através da bula Apostolicam in Singulis, criou a Diocese de Natal, desmembrada da Diocese da Paraíba (criada em 1892) e sufragânea da Arquidiocese de Olinda e Recife. A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação tornou-se a catedral da nova diocese, cujo território abrangia todo o estado do Rio Grande do Norte. Seu primeiro bispo, Dom Joaquim Antônio de Almeida, foi nomeado em 1910 e empossado solenemente em 15 de junho de 1911. Em 1914, com a elevação da Diocese da Paraíba à dignidade de arquidiocese, a Diocese de Natal torna-se sufragânea desta e, em 1915, o bispo Dom Antônio renuncia por problemas de saúde.[1]

Nos anos 1930, a diocese foi desmembrada em duas: Mossoró (1934) e Diocese de Caicó (1939). Ambas se tornaram sufragâneas de Natal quando esta se tornou arquidiocese, em 16 de abril de 1952, por meio da bula Arduum Onus do Papa Pio XII. Dom Marcolino Esmeraldo, bispo diocesano desde 1929, tornou-se seu primeiro arcebispo, permanecendo até sua morte em 1967.[1] Em 21 de novembro de 1988, durante o encerramento das festividades de Nossa Senhora da Apresentação, o recém-empossado arcebispo de Natal, Dom Alair Vilar Fernandes de Melo, inaugura a nova Catedral Metropolitana, substituindo a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação que, devido ao seu tamanho, não comportava mais o grande número de fiéis.[1]

Bispos e arcebispos[editar | editar código-fonte]

Palácio episcopal, residência do arcebispo de Natal
Nome Período Nota(s)
Bispos
Joaquim Antônio de Almeida 1910-1915
Antônio dos Santos Cabral 1917-1921 Nomeado bispo de Belo Horizonte
José Pereira Alves 1922-1928 Nomeado bispo de Niterói
Arcebispos
Marcolino Esmeraldo de Souza Dantas 1929-1967
Nivaldo Monte 1967-1988
Alair Vilar Fernandes de Melo 1988-1993
Heitor de Araújo Sales 1993-2003 Arcebispo emérito atual
Matias Patrício de Macêdo 2004-2011 Arcebispo emérito atual
Jaime Vieira Rocha 2011- Arcebispo metropolitano atual
Administradores Apostólicos e Bispos Auxiliares
Eugênio de Araújo Sales 1954-1961 Nomeado arcebispo de Salvador
Antônio Soares Costa 1971-1993 Nomeado bispo de Caruaru
Eugênio de Araújo Sales 1962-1965 Administrador apostólico
Nivaldo Monte 1953-1959 Administrador apostólico
Matias Patrício de Macêdo 2011- 2012 Administrador apostólico

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Small Mitre.svg Circunscrições eclesiásticas católicas do Brasil — Regional Nordeste II
(Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas)
Bandeira de Pernambuco.svg

Bandeira da Paraíba.svg

Bandeira do Rio Grande do Norte.svg

Bandeira de Alagoas.svg

Província eclesiástica de Olinda e Recife

Afogados da Ingazeira  • Caruaru  • Floresta  • Garanhuns  • Nazaré  • Palmares  • Pesqueira  • Petrolina  • Salgueiro
Província eclesiástica da Paraíba
Cajazeiras  • Campina Grande  • Guarabira  • Patos
Província eclesiástica de Maceió
Palmeira dos Índios  • Penedo
Província eclesiástica de Natal
Caicó  • Mossoró

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.