Arquidiocese de Olinda e Recife

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Arquidiocese de Olinda e Recife
Archidiœcesis Olindensis et Recifensis
Catedral Sé de Olinda
Localização
País  Brasil
Dioceses Sufragâneas Afogados da Ingazeira
Caruaru
Floresta
Garanhuns
Nazaré
Palmares
Pesqueira
Petrolina
Salgueiro
Estatísticas
Área 4,305 km²
Informação
Rito romano
Criação da Diocese 16 de novembro de 1676 (340 anos)
Elevação a Arquidiocese 5 de dezembro de 1910 (106 anos)
Padroeiro Santo Antônio
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Antônio Fernando Saburido, O.S.B.
Bispo Auxiliar Antônio Tourinho Neto
Arcebispo Emérito José Cardoso Sobrinho, O.Carm.
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
(Região Nordeste 2)
Contatos
Endereço Av. Rui Barbosa, 409 - Graças - Recife
Página Oficial www.arquidioceseolindarecife.org

A Arquidiocese de Olinda e Recife (Archidioecesis Olindensis et Recifensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no estado de Pernambuco. Pertence ao Conselho Episcopal Regional Nordeste II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A sede arquiepiscopal está na cidade de Olinda, no estado de Pernambuco, onde se encontra a Catedral Sé de Olinda; contudo, no centro histórico de Recife, localiza-se a Concatedral de São Pedro dos Clérigos.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A Prelazia de Pernambuco foi criada a 15 de julho de 1614 pela Bula Fasti novi orbis do Papa Paulo V. O Papa Urbano VIII com a Bula Romanus Pontifex do dia 6 de julho de 1624 a constituiu sufragânea da então Diocese de São Salvador da Bahia. O Papa Inocêncio XI, no dia 16 de novembro de 1676, pela Bula Ad sacram Beati Petri sedem a elevou como diocese, denominando-se Diocese de Olinda. Em 5 de dezembro de 1910 foi elevada à Arquidiocese e Sede Metropolitana pelo Decreto da Sagrada Congregação Consistorial. Pela Bula Cum urbis Recife do Papa Bento XV de 26 de julho de 1918, passou a denominar-se Arquidiocese de Olinda e Recife.

Localização[editar | editar código-fonte]

A Arquidiocese de Olinda e Recife fica localizada na parte leste do estado de Pernambuco. Tem como limites: Oceano Atlântico e as dioceses de Palmares, Caruaru e Nazaré.

Demografia e paróquias[editar | editar código-fonte]

A Concatedral São Pedro dos Clérigos, no Recife, é cossede da arquidiocese.

No território da Arquidiocese de Olinda e Recife vivem mais de quatro milhões de habitantes, distribuídos em 112 paróquias[1], divididas em sete vicariatos territoriais criados pelo Arcebispo Dom Fernando Saburido. Há também um vicariato para a Vida Religiosa e Consagrada, cujo vigário episcopal é Dom Antônio Tourinho Neto.

Bispos e Arcebispos[editar | editar código-fonte]

Nome Período Notas
Arcebispos
Dom Antônio Fernando Saburido, O.S.B. 2009- Atual
Dom Frei José Cardoso Sobrinho, O.Carm. 1985-2009 Arcebispo Emérito
Dom Helder Pessoa Câmara 1964-1985
Dom Carlos Gouveia Coelho 1960-1964
Dom Antônio de Almeida Morais Júnior 1951-1960
Dom Miguel de Lima Valverde 1922-1951
Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra 1916-1921
Dom Luís Raimundo da Silva Brito 1901-1915
Bispos
Dom Antônio Tourinho Neto 2014- Bispo Auxiliar Atual
Dom Manuel dos Santos Pereira 1893-1900
Dom João Fernando Santiago Esberard 1891-1893
Dom José Pereira da Silva Barros 1881-1891
Dom Frei Vital Maria Gonçalves de Oliveira, OFMCap 1871-1878
Dom Frei Francisco Cardoso Ayres 1867-1870
Dom Manuel do Rêgo Medeiros 1865-1866
Dom Frei João da Purificação Marques Perdigão 1831-1864
Dom Frei Tomaz de Noronha e Brito 1828-1829
Dom Frei Antônio de São José Bastos 1815-1819
Dom Frei José Maria de Araújo 1807-1808
Dom Frei José de Santa Escolástica 1802 transferido antes da ordenação
Dom Frei José Joaquim da Cunha Azeredo Coutinho 1794-1806
Dom Diego de Jesus Jardim 1785-1794
Dom Tomás da Encarnação da Costa e Lima 1774-1784
Dom Francisco da Assunção e Brito 1773 não tomou posse
Dom Francisco Xavier Aranha 1757-1771
Dom Frei Luís de Santa Teresa 1739-1753
Dom Frei José Fialho 1725-1738
Dom Manuel Álvares da Costa 1710-1715
Dom Frei Francisco de Lima, OCarm 1696-1704
Dom Matias de Figueiredo e Melo 1687-1694
Dom João Duarte do Sacramento 1685 morreu antes de ser ordenado
Dom Estêvão Brioso de Figueiredo 1677-1683
Padres
Pe. Antônio Teixeira Cabral 1616-1622 Prelado
Pe. Bartolomeu Ferreira Lagarto 1524-1627 Administrador Apostólico

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Small Mitre.svg Arquidioceses Católicas do Brasil Bandeira do Brasil
Aparecida | Aracaju | Belém do Pará | Belo Horizonte | Botucatu | Brasília | Campinas | Campo Grande | Cascavel | Cuiabá | Curitiba | Diamantina | Feira de Santana | Florianópolis | Fortaleza | Goiânia | Juiz de Fora | Londrina | Maceió | Manaus | Mariana | Maringá | Montes Claros | Natal | Niterói | Olinda e Recife | Palmas | Paraíba | Passo Fundo | Pelotas| Porto Alegre | Porto Velho | Pouso Alegre | Ribeirão Preto | Santa Maria | São Luís do Maranhão | São Paulo | São Salvador da Bahia | São Sebastião do Rio de Janeiro | Sorocaba | Teresina | Uberaba | Vitória do Espírito Santo | Vitória da Conquista
Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arquidiocese de Olinda e Recife