CBN Amazônia Belém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
CBN Amazônia Belém
{{{alt}}}
Rádio Cidade Morena FM Ltda.
País Brasil
Frequência(s) FM 102.3 MHz
Sede Bandeira de Belém.svg Belém, PA
Slogan A rádio que toca notícia
Fundação 1 de agosto de 2018[nota 1]
Fundador João Augusto Proença
Pertence a Grupo Rede Amazônica
Proprietário(s) Phellipe Daou Jr.
Antigo(s) proprietário(s)
  • João Augusto Proença
  • Edyr Augusto Proença
Formato Comercial
Gênero All news
Afiliações CBN
Afiliações anteriores
Idioma Português
Prefixo ZYD 234
Nome(s) anterior(es)
  • Cidade Morena FM (1983-1985)
  • Rádio Cidade (1985-1994)
  • Jovem Pan 2 Belém (1994-2014)
  • Jovem Pan FM Belém (2014-2018)
Dados técnicos Potência: 10 kW
Classe: A4
RDS: Não
Página oficial cbnamazonia.com

CBN Amazônia Belém é uma emissora de rádio brasileira sediada em Belém, capital do estado do Pará. Opera no dial FM, na frequência 102.3 MHz, e é afiliada à CBN. Pertence ao Grupo Rede Amazônica, que controla as demais emissoras da CBN Amazônia na Região Norte. A frequência foi lançada pelos empresários João Augusto Proença e Edyr Augusto Proença em 1.º de setembro de 1983 como Cidade Morena FM, tendo grande popularidade como afiliada da Jovem Pan FM entre 1994 e 2018.

História[editar | editar código-fonte]

A família Proença teve grande presença no rádio belenense quando administravam a Rádio Clube do Pará entre 1928 e 1983. Neste ano, Edyr Proença vende a Rádio Clube ao empresário Adolpho Bloch. Posteriormente, seus filhos tomam a iniciativa de lançar uma nova rádio, nascendo a Cidade Morena FM em 1.º de setembro de 1983. A emissora tinha perfil eclético e tinha entre seus programas o Feira do Som, trazido da Rádio Clube, apresentado por Edgar Augusto.[1]

Em 1985, a emissora muda radicalmente sua programação e passa a ser afiliada à Rede Cidade, rede segmentada ao público jovem que surgiu da Rádio Cidade, uma das mais famosas do Rio de Janeiro. A Rádio Cidade FM permaneceu com a rede até 1994, quando o Sistema JB de Rádio encerra o projeto. No mesmo ano, os proprietários da frequência assinam acordo com a então nova rede Jovem Pan Sat e no dia 20 de agosto de 1994 a emissora passa a se chamar Jovem Pan 2 Belém. A preferência da Jovem Pan 2 como novo projeto da 102.3 MHz surgiu após uma viagem de João Augusto e Edyr Augusto Proença à São Paulo, quando sintonizaram a rádio. Eles se entusiasmaram com a programação e apostaram no sucesso do projeto em Belém.[2]

Em pouco tempo, a Jovem Pan 2 Belém teve grande aceitação na cidade, principalmente entre o público alvo da emissora (jovens de 20 a 35 anos) atraídos pela programação pop que logo alcançou a liderança na audiência.[2] O feito tornou a emissora uma das mais importantes afiliadas da rede Jovem Pan 2.[3] A preferência da emissora entre o público jovem continuou nas décadas seguintes.[4]

Em junho de 2018, é confirmada a venda da 102.3 MHz para a Rede Amazônica, conglomerado de mídia com sede em Manaus. O colunista Mauro Bonna afirmou que a negociação durou seis meses e que seus proprietários (também radialistas) já deixariam a emissora em julho.[5][6] A frequência está prevista para abrigar o projeto da CBN Amazônia a partir de 1.º de agosto, sendo que o contrato de afiliação entre a Rede Amazônica e o Sistema Globo de Rádio (proprietário da CBN) foi firmado em 1.º de junho. O projeto marca o retorno da CBN à Belém após a operação da Rádio O Liberal CBN pelas Organizações Rômulo Maiorana entre 2008 e 2015.[7] A Rede Jovem Pan promete retorno a Belém através do dial 97.1 fruto da migração AM-FM da Rádio Liberal AM

Notas e referências

Notas

  1. Data de estreia como CBN Amazônia Belém. A frequência está no ar desde 1.º de setembro de 1983.

Referências

  1. Dominik Giusti (1 de março de 2017). «Edgar Augusto comemora 50 anos de radialismo». Diário Online. Consultado em 14 de julho de 2018 
  2. a b SILVA, M. P.; SILVA, L. P. R.; SANTOS, B. A. N. R.; COSTA, L. M. (2015). «Rádio Jovem Pan Belém: perspectivas do padrão digital e sua relação com as redes» (PDF). Fortaleza (em português brasileiro): 1-78. Consultado em 14 de julho de 2018 
  3. Daniel Starck (12 de agosto de 2014). «Jovem Pan FM chega aos 20 anos de operações em Belém». Tudo Rádio. Consultado em 14 de julho de 2018 
  4. Carlos Massaro (6 de setembro de 2013). «Jovem Pan FM se destaca em pesquisa de audiência realizada em Belém». Tudo Rádio. Consultado em 14 de julho de 2018 
  5. Mauro Bonna (10 de junho de 2018). «Leia a coluna de Mauro Bonna». Diário Online. Consultado em 14 de julho de 2018 
  6. Mauro Bonna (7 de junho de 2018). «Leia a coluna de Mauro Bonna». Diário Online. Consultado em 14 de julho de 2018 
  7. Daniel Starck (6 de junho de 2018). «Exclusivo: CBN confirma estreia de FM em Belém através de parceria com a Rede Amazônica». Tudo Rádio. Consultado em 14 de julho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]