Super Rádio Marajoara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde fevereiro de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Super Rádio Marajoara
Emissoras Rádio Marajoara Ltda.
País  Brasil
Frequência(s) AM 1130 kHz
Sede Bandeira de Belém.svg Belém, PA
Travessa Campos Sales, 370 - Campina
MAPA
Slogan No coração do povo
Fundação 6 de fevereiro de 1954 (63 anos)
Fundador Assis Chateaubriand
Pertence a Grupo Carlos Santos
Proprietário(s) Carlos Santos
Antigo(s) proprietário(s)
Formato Emissora comercial
Gênero Entretenimento, Jornalismo e Esportes
Faixa etária Público de 30 a 75 anos
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYI 531
Prefixo(s) anterior(es) ZYE 20
Emissoras irmãs
  • Mix FM Belém
  • Super Rádio Guarany
  • Rádio Ximango
  • TV Marajoara
Cobertura Grande Belém e áreas próximas
Coord. do transmissor 1° 28' 21.2" S 48° 28' 23" O
Potência 10 kW
Webcast Ouça ao vivo
Página oficial supermarajoara.com.br

Super Rádio Marajoara é uma emissora de rádio brasileira sediada em Belém, capital do estado do Pará. Opera no dial AM, na frequência 1130 kHz, e pertence ao Grupo Carlos Santos, do empresário Carlos Santos. Seus estúdios localizam-se no bairro da Campina, e seus transmissores estão no bairro Condor.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada pelos Diários Associados de Assis Chateaubriand em 6 de fevereiro de 1954, e na época contava apenas com a concorrência da Rádio Clube do Pará.[1] Os Diários Associados, que já detinham os jornais A Província do Pará e A Vanguarda na capital paraense, também seriam responsáveis pela introdução da TV Marajoara, a primeira a operar no estado. Com a crise no grupo, a emissora foi vendida ao empresário Carlos Santos em 1982.

No período áureo do rádio a Super atingiu o seu melhor momento sendo a campeã no ibope, imbatível, permaneceu por mais de 20 anos como a líder de audiência, sempre se destacou pelos seus programas de auditório, suas emocionantes radionovelas, seu jornalismo sempre muito franco e fiel à veracidade dos fatos e uma forte cobertura do esporte local, em especial do futebol, sempre ao lado dos tradicionais Remo, Paysandu e Tuna Luso Brasileira, os três grandes clubes da capital.

Até hoje seus ouvintes recordam com saudosismo e muito carinho de alguns dos programas que foram ícones, marcaram e mudaram o curso do rádio no estado, como A Consciência do Braguinha, Alô, Alô Interior que ainda hoje segue firme no ar, Jornal Marajoara, A Patrulha da Cidade, o programa policial que segura uma tradição de mais de 50 anos e vários outros componentes de uma programação vitoriosa. Além de seus programas seus profissionais sempre fizeram a diferença como Adamor Filho, Ivo Amaral, Antonio Manuel Prata Tavares, Paulo Ferrer, Luiz Eduardo Anaice, Valdo Souza, Carlos Castilho, Ronald Pastor, Jayme Bastos, Tacimar Cantuária, Astrogildo Correia, Nazareno Mota, Jurandir Bonifácio, Eloy Santos, Almir Silva e outros brilhantes nomes inesquecíveis do rádio nortista.

Hoje, assim como em toda sua história seu carro-chefe é a cobertura esportiva que sempre está presente ao longo de toda a sua programação, porém de forma mais intensa nos programas Sentinela Esportiva, Marcha dos Esportes, Sabadão Esportivo, Show de Bola e Jogada Final, sempre após a Super Parada Esportiva.

Equipe[editar | editar código-fonte]

  • Álvaro Pinto
  • Ronald Pastor
  • Anderson Morais
  • José Maria Trindade
  • Paulo Bahia
  • Carlos Santos
  • Silvinho Santos
  • Carlos Alberto Melo
  • Nazareno Mota
  • Carlos Magno
  • Carlos Reis
  • Nildo Matos
  • Tavernad Neves

Equipe esportiva[editar | editar código-fonte]

  • Jesiel Lima, Frank Souza e Carlos Reis, narradores;
  • Pio Netto e Marquinhos Belém, comentaristas;
  • Carlos Magno (Remo), Nilton César (Paysandu), Reginaldo Barros e Nildo Matos, setoristas e repórteres;
  • Carlos Alberto Melo, plantonista;
  • Paulo Bahia, José Maria "Tudão" Trindade e Reginaldo Barros, apresentação

Referências

  1. «Está entrando no ar a Rádio Marajoara». O Pará nas Ondas do Rádio. Consultado em 21 de fevereiro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.