Chalé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Chalé (desambiguação).
Um chalé típico nos alpes suíços
Um típico chalé de uma pousada em Juquitiba, São Paulo

chalé (do francês chalet) é uma pequena casa de campo, feita de madeira e com telhado de duas águas de forte caimento e beirais avançados, que reproduz a típica casa da região rural da Suíça romanda (também chamada Suíça francesa) ou dos Alpes suíços.[1][2] [3]

História[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Este tipo de habitação foi muito utilizado no Brasil durante a segunda metade do século XIX, já em decadência no início do século XX, principalmente na província de São Paulo. Popularizou-se em razão da facilidade de importação da madeira, principal matéria prima deste tipo de construção.[4]

Alguns exemplares deste período, são: o "Chalé do Palácio Rio Negro"; típica residência da cidade de Petrópolis, Região Serrana Fluminense, construído por descendentes de alemães em 1884, e que na atualidade faz parte do acervo do complexo do "Museu Palácio Rio Negro"[5], e o Museu Casa de Santos Dumont, também em Petrópolis, tipo de chalé alpino francês construído em 1918.[6]


Referências

  1. «Cha·lé - substantivo masculino». Dicionario Priberam. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  2. «Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material». Scielo. 2008. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  3. «10 chalés exaltam a vida nas montanhas». Revista Casa Vogue. 15 de outubro de 2013. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  4. «O fim dos chalés». Revista Pesquisa FAPESP. 2008. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  5. «Museu Palácio Rio Negro» (PDF). Ministério da Cultura. 2011. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  6. «Programa da TV Brasil visita o Museu Casa de Santos Dumont em Petrópolis, no Rio». Empresa Brasileira de Comunicação. 1 de setembro de 2016. Consultado em 28 de outubro de 2020 


O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Chalé