Conchas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o plural de concha, veja concha.
Município de Conchas
Bandeira de Conchas
Brasão de Conchas
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 4 de dezembro
Fundação 5 de dezembro de 1896 (120 anos)
Gentílico conchense
Prefeito(a) Odirlei Reis (PSB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Conchas
Localização de Conchas em São Paulo
Conchas está localizado em: Brasil
Conchas
Localização de Conchas no Brasil
23° 00' 54" S 48° 00' 39" O23° 00' 54" S 48° 00' 39" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Bauru IBGE/2010[1]
Microrregião Botucatu IBGE/2010
Municípios limítrofes Porangaba, Bofete, Anhembi, Piracicaba, Laranjal Paulista, Pereiras
Distância até a capital 210 km
Características geográficas
Área 466,024 km² [2]
População 17,638 hab. Censo IBGE/2017[3]
Densidade 0,04 hab./km²
Altitude 503 m
Clima subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,736 elevado PNUD/2010[4]
PIB R$ 259 833,000 mil IBGE/2013[5]
PIB per capita R$ 15 139,99 IBGE/2013
Página oficial

Conchas é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 23º00'55" sul e a uma longitude 48º00'38" oeste, estando a uma altitude de 503 metros. Sua população estimada em 2017 era de 17.638 habitantes.[3]

Possui uma área de 466,024 km².

História[editar | editar código-fonte]

O município surgiu quando se tornou ponto de descanso dos tropeiros, que paravam às margens do Rio das Conchas para descansar e passar a noite. A região antes de sua fundação, em 1887, era percorrida por tropas de burros que transportavam as mercadorias para Botucatu e Tietê. Decorrente a isso, muitos viajantes acabaram se fixando nas proximidades de um ribeirão - o Ribeirão das Conchas, onde possuía abundância de moluscos que deixavam suas "conchas" nas margens. O avanço da antiga ferrovia, "Sorocabana Railway",até o vizinho povoado de Pereiras em 1888, fez com que novos moradores procurassem se estabelecer. Conchas foi elevado a Distrito de Paz em 1896, onde deixou de pertencer a Tietê e passou ao Município de Pereiras em 1899. Em 1902, retornou a Tietê e em 1916 conseguiu sua autonomia político-administrativa.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

População Total: 16.288

  • Urbana: 13.197
  • Rural: 3.091

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 14,40

Expectativa de vida (anos): 75,19

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,47

Taxa de Alfabetização: 92,28%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,736

  • IDH-M Renda: 0,725
  • IDH-M Longevidade: 0,837
  • IDH-M Educação: 0,658

Fonte: IPEA[4]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Acesso Rodoviário[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em 2013 o Produto Interno Bruto (PIB) do município foi de R$ 259.833.000, sendo 44,65% correspondentes a serviços, 14,91% a agropecuária, 12,46% a indústria, 21,41% com administração e serviços públicos e 6,57% com impostos.[5]

Referências

  1. «Divisão Territorial do Brasil». Organização Territorial-Divisão Territorial do Brasil. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2013. Consultado em 4 de setembro de 2013 
  2. IBGE, Conchas. «Área territorial oficial (consulta)». Consultado em 15 de setembro de 2014 
  3. a b «Censo Populacional 2017». Censo Populacional 2017. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2017. Consultado em 3 de setembro de 2017 
  4. a b «Consulta do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 4 de setembro de 2017 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 4 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]