ATP de Umago

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Croatia Open Umag)
Ir para: navegação, pesquisa
Plava Laguna Croatia Open
ATP de Umago
Umag-P9190097.jpg
Detalhes
Local ITC Stella Maris
Croácia Umag, Croácia
Organização Associação de Tenistas Profissionais (ATP)
Categoria ATP World Tour 250
Piso saibro
Premiação € 426.605
Participantes 32S /32Q / 16D
Página oficial croatiaopen.hr
Tennisball current event.svg Edição atual
Atualizado em: 26 de outubro de 2017

O Plava Laguna Croatia Open ou ATP de Umag é uma competição de tênis masculino, que faz parte do programa ATP International Series, realizado no complexo ITC Stella Maris, no balneário de Umag, Croácia.

Finais[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Ano Campeão Vice-campeão Resultado
2017 Rússia Andrey Rublev Itália Paolo Lorenzi 6–4, 6–2
2016 Itália Fabio Fognini Eslováquia Andrej Martin 6–4, 6–1
2015 Áustria Dominic Thiem Portugal João Sousa 6–4, 6–1
2014 Uruguai Pablo Cuevas Espanha Tommy Robredo 6–3, 6–4
2013 Espanha Tommy Robredo Itália Fabio Fognini 6–0, 6–3
2012 Croácia Marin Čilić Espanha Marcel Granollers 6–4, 6–2
2011 Ucrânia Alexandr Dolgopolov Croácia Marin Čilić 6–4, 3–6, 6–3
2010 Espanha Juan Carlos Ferrero Itália Potito Starace 6–4, 6–4
2009 Rússia Nikolay Davydenko Espanha Juan Carlos Ferrero 6–3, 6–0
2008 Espanha Fernando Verdasco Rússia Igor Andreev 3–6, 6–4, 7–64
2007 Espanha Carlos Moyà Roménia Andrei Pavel 6–4, 6–2
2006 Suíça Stanislas Wawrinka Sérvia Novak Djokovic 6–6, ab.
2005 Argentina Guillermo Coria Espanha Carlos Moyà 6–2, 4–6, 6–2
2004 Argentina Guillermo Cañas Itália Filippo Volandri 7–5, 6–3
2003 Espanha Carlos Moyà Itália Filippo Volandri 6–4, 3–6, 7–5
2002 Espanha Carlos Moyà Espanha David Ferrer 6–3, 6–2
2001 Espanha Carlos Moyà França Jérôme Golmard 6–4, 3–6, 7–6
2000 Chile Marcelo Ríos Argentina Mariano Puerta 7–6, 4–6, 6–4
1999 Suécia Magnus Norman Estados Unidos Jeff Tarango 6–2, 6–4
1998 República Checa Bohdan Ulihrach Suécia Magnus Norman 6–3, 7–6
1997 Espanha Félix Mantilla Espanha Sergi Bruguera 6–3, 7–6
1996 Espanha Carlos Moyà Espanha Félix Mantilla 6–0, 7–6
1995 Áustria Thomas Muster Espanha Carlos Costa 3–6, 7–6, 6–4
1994 Espanha Alberto Berasategui Eslováquia Karol Kučera 6–2, 6–4
1993 Áustria Thomas Muster Espanha Alberto Berasategui 7–5, 3–6, 6–3
1992 Áustria Thomas Muster Argentina Franco Davín 6–1, 4–6, 6–4
1991 União Soviética Dimitri Poliakov Espanha Javier Sánchez 6–4, 6–4
1990 Iugoslávia Goran Prpić Iugoslávia Goran Ivanišević 6–3, 4–6, 6–4

Duplas[editar | editar código-fonte]

Ano Campeões Vice-campeões Resultado
2017 Argentina Guillermo Durán
Argentina Andrés Molteni
Croácia Marin Draganja
Croácia Tomislav Draganja
6–3, 46–7, [10–6]
2016 Eslováquia Martin Kližan
Espanha David Marrero
Croácia Nikola Mektić
Croácia Antonio Šančić
6–4, 6–2
2015 Argentina Máximo González
Brasil André Sá
Polónia Mariusz Fyrstenberg
México Santiago González
4–6, 6–3, [10–5]
2014 República Checa František Čermák
República Checa Lukáš Rosol
Sérvia Dušan Lajović
Croácia Franko Škugor
6–4, 7–65
2013 Eslováquia Martin Kližan
Espanha David Marrero
Estados Unidos Nicholas Monroe
Alemanha Simon Stadler
6–1, 5–7, [10–7]
2012 Espanha David Marrero
Espanha Fernando Verdasco
Espanha Marcel Granollers
Espanha Marc López
6–3, 7–64
2011 Itália Simone Bolelli
Itália Fabio Fognini
Croácia Marin Čilić
Croácia Lovro Zovko
6–3, 5–7, [10–7]
2010 República Checa Leoš Friedl
Eslováquia Filip Polášek
República Checa František Čermák
Eslováquia Michal Mertiňák
6–3, 7–67
2009 República Checa František Čermák
Eslováquia Michal Mertiňák
Suécia Johan Brunström
Antilhas Holandesas Jean-Julien Rojer
6–4, 6–4
2008 Eslováquia Michal Mertiňák
República Checa Petr Pála
Argentina Carlos Berlocq
Itália Fabio Fognini
2–6, 6–3, [10–5]
2007 República Checa Lukáš Dlouhý
Eslováquia Michal Mertiňák
República Checa Jaroslav Levinský
República Checa David Škoch
6–1, 6–1
2006 República Checa Jaroslav Levinský
República Checa David Škoch
Espanha Guillermo García López
Espanha Albert Portas
6–4, 6–4
2005 República Checa Jiří Novák
República Checa Petr Pála
Eslováquia Michal Mertiňák
República Checa David Škoch
6–3, 6–3
2004 Argentina José Acasuso
Brasil Flávio Saretta
República Checa Jaroslav Levinský
República Checa David Škoch
4–6, 6–2, 6–4
2003 Espanha Álex López Morón
Espanha Rafael Nadal
Austrália Todd Perry
Japão Thomas Shimada
6–1, 6–3
2002 República Checa František Čermák
Áustria Julian Knowle
Espanha Albert Portas
Espanha Fernando Vicente
6–4, 6–4
2001 Argentina Sergio Roitman
Argentina Andres Schneiter
Croácia Ivan Ljubičić
Croácia Lovro Zovko
6–2, 7–5
2000 Espanha Álex López Morón
Espanha Albert Portas
Croácia Ivan Ljubičić
Croácia Lovro Zovko
6–1, 7–6
1999 Argentina Mariano Puerta
Espanha Javier Sánchez
Itália Massimo Bertolini
Itália Cristian Brandi
3–6, 6–2, 6–3
1998 Reino Unido Neil Broad
África do Sul Piet Norval
República Checa Jiří Novák
República Checa David Rikl
6–1, 3–6, 6–3
1997 Roménia Dinu Pescariu
Itália Davide Sanguinetti
Eslováquia Dominik Hrbatý
Eslováquia Karol Kučera
7–6, 6–4
1996 Argentina Pablo Albano
Argentina Luis Lobo
Letónia Ģirts Dzelde
Áustria Udo Plamberger
6–4, 6–1
1995 Argentina Luis Lobo
Espanha Javier Sánchez
Suécia David Ekerot
Hungria László Markovits
6–4, 6–0
1994 Uruguai Diego Pérez
Espanha Francisco Roig
Eslováquia Karol Kučera
Quénia Paul Wekesa
6–2, 6–4
1993 Bélgica Filip Dewulf
Bélgica Tom Vanhoudt
Espanha Jordi Arrese
Espanha Francisco Roig
6–4, 7–5
1992 Alemanha David Prinosil
Checoslováquia Richard Vogel
Países Baixos Sander Groen
Alemanha Lars Koslowski
6–3, 6–7, 7–6
1991 Israel Gilad Bloom
Espanha Javier Sánchez
Estados Unidos Richey Reneberg
Estados Unidos David Wheaton
7–6, 2–6, 6–1
1990 Checoslováquia Vojtěch Flégl
Checoslováquia Daniel Vacek
União Soviética Andrei Cherkasov
União Soviética Andrei Olhovskiy
6–4, 6–4

Ligações externas[editar | editar código-fonte]