Ecchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Ecchi ou Etchi (エッチ? em tradução livre, "obsceno") é um termo japonês que refere-se a relação sexual.

No Ocidente, o termo é associado principalmente com animes, mangás, ou jogos que apresentem a sensualidade como principal tema, em contraste com o termo hentai, usado para aqueles que apresentam sexo explícito.[1]

A origem da palavra é incerta, porém, acredita-se que seja um acrônimo em japonês da própria palavra Hentai, pelo fato de que no japão a letra H tem som de Ecchi/Etchi (H, /ˈeɪtʃ/), sendo que muitas vezes se referem a mangás hentai como H-mangá (/ˈeɪtʃmɑːŋɡə/).


Os meios de comunicação japoneses tendem a usar outras palavras, por exemplo, ero mangá (エロ漫画?), 成人漫画 (seijin manga? "mangá adulto"), ou mangá/anime para maiores de 18 anos 18禁 (18-kin? "18-proibido").[2] Animes ecchi geralmente têm censura mas alguns não têm, porém, sem censura, desde que não haja relação sexual explícita, se torna ecchi.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. McCarthy, Helen (27 de outubro de 1997). The Anime Movie Guide. Overlook Press. p. 1987
  2. "A Short History of 'Hentai'", por Mark McLelland, Intersections: Gender, History and Culture in the Asian Context, por edição 12, versão de Janeiro de 2006. Nota de Rodapé HTML.
Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.