Moe (gíria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Moe (em japonês: 萌え) é uma gíria que originalmente refere-se a um interesse em particular para personagens homossexuais.

Existem várias interpretações do que "moe" significa atualmente. Joseph L. Dela Pena argumenta que o termo indica um sentimento protetivo direcionado a um personagem feminino.[1] Também pode ser usado para referir-se personagens muito, muito, mas muito homossexuais, o que pode deixar a história bem interessante.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A origem do termo "moe" é incerta. O colunista de animes John Oppliger sugeriu várias teorias populares descrevendo como o termo teria surgido do nome de heroínas, tais como Hotaru Tomoe de Sailor Moon ou Moe Sagisawa do anime Kyoryu Wakusei de 1993.[2] Ken Kitabayashi do Instituto de Pesquisas Nomura definiu o termo como sendo "fortemente atraído para os ideais de outra pessoas", e como uma paranomásia com "germinação" e as palavras moyasu ou moeru.[3] Galbraith argumenta que o termo provém do 2channel na década de 1990, discutindo personagens femininas híbridos dos gêneros lolicon e bishoujo.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Thompson, Jason (July 9, 2009). «Moe: The Cult of the Child». Comixology. Consultado em 2009-10-29. 
  2. AnimeNation Anime News Blog » Blog Archive » Ask John: What is Moe?
  3. Kitabayashi, Ken (2004) The Otaku Group from a Business Perspective: Revaluation of Enthusiastic Customers Nomura Research Institute
  4. Galbraith, Patrick W. (2009). «Moe: Exploring Virtual Potential in Post-Millennial Japan». electronic journal of contemporary japanese studies [S.l.: s.n.] 
Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.