Farinelli (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Farinelli
Farinelli[1] (PRT)
Farinelli[2] (BRA)
Itália, França, Bélgica
1994 •  cor •  111 min 
Direção Gérard Corbiau
Produção Véra Belmont
Roteiro Marcel Beaulieu
Andrée Corbiau
Gérard Corbiau
Gênero drama biográfico
Idioma francês, italiano
Página no IMDb (em inglês)

Farinelli é um filme de drama biográfico ítalo-franco-belga de 1994 dirigido por Gérard Corbiau[2]. Foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro na edição de 1995, representando a Bélgica.[3]

No filme, o ator Stefano Dionisi, que interpreta o protagonista, é dublado nas partes cantadas. Para reproduzir a particularíssima voz de um castrato, foram gravadas em separado e depois mixadas eletronicamente, as vozes da soprano polonesa Ewa Małas-Godlewska e do contratenor americano Derek Lee Ragin.[4] Apenas em Lascia ch'io pianga, de George Frideric Handel, a voz é de Małas-Godlewska, apenas, sem mixagem.

O consultor musical do filme é Christophe Rousset, cravista e regente de orquestra francês, especialista em música barroca.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Papel
Stefano Dionisi Carlo Maria Broschi
Enrico Lo Verso Riccardo Broschi
Elsa Zylberstein Alexandra
Jeroen Krabbé Georg Friedrich Händel
Caroline Cellier Margaret Hunter
Renaud du Peloux de Saint Romain Benedict
Omero Antonutti Nicola Porpora
Marianne Basler Comtesse Mauer
Pier Paolo Capponi Broschi
Graham Valentine Príncipe de Gales
Jacques Boudet Filipe V
Delphine Zentout jovem admirador

Referências