Granta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Granta é uma revista literária britânica, fundada em 1889.

Criada por estudantes da Universidade de Cambridge, inicialmente publicava artigos sobre política e assuntos ligados à universidade. O título (originalmente The Granta) foi tirado do antigo nome do Rio Cam, que corta a cidade de Cambridge. Ao longo das décadas seguintes, lançou autores como Michael Frayn, Ted Hughes, A. A. Milne e Sylvia Plath, todos alunos de Cambridge.

Em 1979, depois de um período de dificuldades financeiras, foi relançada como uma revista destinada a jovens autores, deixando os muros da universidade. O primeiro número da nova fase trazia textos de Paul Auster e Susan Sontag.[1] Passou a abrigar escritores como Martin Amis, Julian Barnes, Saul Bellow, Angela Carter, Nadine Gordimer, Milan Kundera, Doris Lessing, Ian McEwan, Gabriel García Márquez e Salman Rushdie.

A partir de 2009, a revista iniciou um processo de internacionalização, lançando edições em espanhol, búlgaro, português (em parceria com a Alfaguara, selo da editora Objetiva), norueguês, sueco e chinês.[2]

Em 2012, publicou uma edição especial com escritores brasileiros, intitulada Os melhores jovens escritores brasileiros. A antologia apresentou obras de Tatiana Salem Levy e Daniel Galera, entre outros.[3]

Em 2013 nasce a edição portuguesa da revista, publicada pela editora Tinta-da-china e sob a direcção de Carlos Vaz Marques. Para o primeiro número da Granta Portugal, incluindo cinco sonetos inéditos de Fernando Pessoa, foi o escolhido o tema "Eu".

Os melhores jovens escritores brasileiros[editar | editar código-fonte]

Da esquerda para a direita: Antonio Prata, Javier Arancibia, Leandro Sarmatz, Julian Fuks, Antonio Xerxenesky, Vinicius Jatoba, Miguel del Castillo e Emilio Fraia. (Foto: Zé Carlos Barretta/Folhapress ILUSTRADA)

Os melhores jovens escritores brasileiros é uma edição especial da revista literária Granta, publicada em 2012 e reunindo 20 contos escritos por autores brasileiros nascidos depois de 1972.[4]

Os contos foram selecionados entre 247 textos inscritos. O júri responsável pela escolha foi formado pelos críticos Beatriz Bracher, Benjamin Moser, Cristovão Tezza, Italo Moriconi, Manuel da Costa Pinto, Marcelo Ferroni e Samuel Titan Júnior. Os autores selecionados foram anunciados durante o lançamento oficial da revista, na edição de 2012 da Festa Literária Internacional de Paraty.[5]

Os editores da Granta anunciaram ainda um projeto de publicar a antologia também em inglês, espanhol e chinês, além de lançar uma nova antologia de jovens autores dentro de 10 anos.[6]

Os autores selecionados foram:

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]