Hortaea werneckii

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaHortaea werneckii
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Fungi
Divisão: Ascomycota
Classe: Dothideomycetes
Ordem: Capnodiales
Família: Teratosphaeriaceae
Género: Hortaea
Espécie: H. werneckii
Nome binomial
Hortaea werneckii

Hortaea werneckii, antigamente chamado de Exophiala werneckii, é uma levedura comum no meio ambiente, mas causa tinea nigra, ao produzir uma camada de melanina na pele de seres humanos. Pode ser encontrado no solo, lagos, oceano, plantas e madeira em regiões tropicais e sub-tropicais úmidas. É extremamente resistente a altas concentrações de sal, modificando sua membrana celular e criando uma camada de melanina para reter os componentes essenciais para suas células. [1]

Patologia[editar | editar código-fonte]

Tinea nigra(tinha negra) é uma infecção fúngica superficial caracterizada por máculas (manchas) marrom ou negras, geralmente nas palmas das mãos ou plantas dos pés, e ocasionalmente em outras superfícies da pele. As manchas não são inflamatórias, não coçam, não invadem a pele e não doem, são apenas um problema estético. Podem ser transmitidas pelo contato físico ou por tecidos compartilhados. Podem ser tratados com pomadas de cetoconazol ou outro derivado do imidazol.[2]

Referências

  1. Gostinčar, C; Lenassi, M; Gunde-Cimerman, N; Plemenitaš, A (2011). "Fungal adaptation to extremely high salt concentrations". Advances in Applied Microbiology 77: 71–96. doi:10.1016/B978-0-12-387044-5.00003-0. PMID 22050822.
  2. Gladwin, Mark; Trattler, Bill. Clinical Microbiology (4th ed.). p. 196.