Lista de jogos eletrônicos controversos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esse anexo lista os jogos eletrônicos controversos por causa de seu conteúdo. Estes foram colocados em discussão para banimento devido ao uso de violência, sexo explícito e ofensas.[1]

Jogos eletrônicos controversos[editar | editar código-fonte]

Ano de lançamento Título
1973 Gotcha
1976 Death Race[2][3]
1982 Custer's Revenge[2][4][5]
1984 Punch-Out!![6][7][8]
1986 177[9]
1989 Super Monaco GP[10][11]
1991 J.B. Harold Murder Club[12]
1992 Wolfenstein 3D[13]
1992 Mortal Kombat[2][4][5][14][15][16]
1992 Night Trap[2][4][14]
1993 Doom[2][5][14][15]
1996 SimCopter[17]
1996 Duke Nukem 3D[18][19]
1996 Tomb Raider[20]
1997 Carmageddon[21]
1997 Postal[14]
1997 Grand Theft Auto[22][2][4][14][23]
1998 The Legend of Zelda: Ocarina of Time
1999 Kingpin: Life of Crime[24]
2000 Daikatana[25]
2001 Conker's Bad Fur Day[26]
2002 WTC Survivor[27][28][29]
2002 Ethnic Cleansing[30]
2002 Kaboom![31]
2002 State of Emergency[32]
2003 Postal II[33]
2003 Manhunt[4][14][34]
2003 Dead or Alive Xtreme Beach Volleyball
2004 The Sims 2[35]
2004 JFK: Reloaded
2005 Super Columbine Massacre RPG![36][37][38][39]
2005 Gun
2005 The Punisher[40][41][42][43]
2006 Bully
2006 The Elder Scrolls IV: Oblivion[44]
2006 Hitman: Blood Money[45]
2006 Mind Quiz[46]
2006 Left Behind: Eternal Forces[47][48][49][50][51][52]
2006 Resistance: Fall of Man[53]
2006 RapeLay[54]
2006 Rule of Rose[55][56][57]
2007 BioShock[58][59][60][61]
2007 Mass Effect[62][63][64]
2007 Mario Party 8[65]
2008 Silent Hill: Homecoming[66]
2008 Muslim Massacre: The Game of Modern Religious Genocide[67]
2008 LittleBigPlanet[68]
2009 MadWorld[69]
2009 Resident Evil 5[70][70]
2009 Saw[71][72]
2009 Left 4 Dead 2[73][74][75]
2009 Call of Duty: Modern Warfare 2[76][77][78][79][80][81]
2010 Medal of Honor[82][83]
2010 Six Days in Fallujah[84]
2011 Bulletstorm[85]
2011 Portal 2[86]
2011 Call of Juarez: The Cartel[87]
2011 Dead Island[88]
2012 Medal of Honor: Warfighter[89][90]
2012 Street Fighter X Tekken[91][92]
2013 Tomb Raider[93][94]
2013 Saints Row IV[95][96][97]
2013 Hotline Miami 2: Wrong Number[98]
2013 The Stanley Parable[99]

Referências

  1. «Key Events in the History of Gaming & Violence». Facts on File. Issues and Controversies on File. Facts on File Inc. 1997. pp. 58–62 
  2. a b c d e f David Craddock, "The Rogues Gallery: Controversial Video Games," Shacknews (Sep 29, 2005).
  3. DeMaria, Rusel; Wilson, Johnny L. (2003). High Score!: The Illustrated History of Electronic Games. [S.l.]: McGraw-Hill Professional. pp. 27, 28. ISBN 0-07-223172-6 
  4. a b c d e The Seven Most Controversial Games and why most of them are complete crap," GamerHelp (02/14/08).
  5. a b c Kearney, Paul; Pivec, Maja (maio de 2007). «Sex, lies and video games». British Journal of Educational Technology. 38 (3): 489–501. doi:10.1111/j.1467-8535.2007.00712.x. Consultado em 23 de julho de 2008 
  6. http://www.toplessrobot.com/2012/02/the_8_most_ethnically_stereotypical_punch-out_char.php
  7. http://sociologyofvideogames.wordpress.com/2013/06/18/racist-games-punch-out/
  8. «Top 5 Racist Videogames». 1UP.com. Consultado em 9 de janeiro de 2014. Arquivado do original em 29 de outubro de 2013 
  9. Retro Japanese Computers: Gaming's Final Frontier, Hardcore Gaming 101, reprinted from Retro Gamer, Issue 67, 2009
  10. «Chronology of Action». Tobaccodocuments.org. Consultado em 15 de maio de 2010. Arquivado do original em 30 de novembro de 2009 
  11. http://legacy.library.ucsf.edu:8080/q/l/f/qlf46e00/Sqlf46e00.pdf[ligação inativa]
  12. Video Games and Computer Entertainment. July 1991. Pg. 44
  13. Wolfenstein 3D Just Got Modernized With the Release of Wolfram Arquivado em 22 de julho de 2013, no Wayback Machine., Indiegamemag, June 12, 2012
  14. a b c d e f Silverman, Ben (17 de setembro de 2007). «Controversial Games: Some games push all the wrong buttons.». Yahoo! Games. Consultado em 12 de setembro de 2008. Arquivado do original em 7 de agosto de 2011 
  15. a b Oxoby, Marc; Browne, Ray (2003). The 1990s. [S.l.]: Greenwood Publishing Group. p. 84. ISBN 0-313-31615-5 
  16. Williams, D. (dezembro de 2003). «The Video Game Lightning Rod». Information, Communication and Society. 6 (4): 541. doi:10.1080/1369118032000163240. Consultado em 23 de julho de 2006 
  17. «The First Hot Coffee». PC Gamer. Future Publishing. Março de 2007. p. 62 
  18. Tim Soete (1 de maio de 1996). «Duke Nukem 3D Review for PC». GameSpot. Consultado em 1 de julho de 2009 
  19. «Duke Nukem 3D review for the PC». Game Revolution. 5 de junho de 1996. Consultado em 1 de julho de 2009 
  20. Lara Croft: Feminist Icon or Cyberbimbo?, Helen W. Kennedy, Game Studies, Vol. 2, Issue 2, December 2002.
  21. «The Making Of... Carmageddon». Edge Online. 27 de junho de 2008. Consultado em 25 de julho de 2008 
  22. Androvich, Mark (8 de novembro de 2007). «Take-Two settles "Hot Coffee" lawsuits». Gamesindustry.biz. Consultado em 9 de novembro de 2007 
  23. Wilkinson, Cassandra (2007). Don't Panic!: Nearly Everything is Better Than You Think. [S.l.]: Pluto Press Australia. pp. 144–147. ISBN 0-9802924-4-1 
  24. Video Game Maker Drawing Fire for Violent Ads. Los Angeles Times. June 29, 1999
  25. 10 Years Later, Romero Apologizes for Daikatana Tom's Hardware, May 18, 2010 (Article by Kevin Parrish)
  26. Matt Casamassina (2 de março de 2001). «Conker's Bad Fur Day review». IGN. Consultado em 20 de maio de 2011. Arquivado do original em 16 de março de 2012 
  27. «Staten Island 9/11 survivor disgusted by 'tasteless' Internet video game». SILive.com. Consultado em 27 de maio de 2013 
  28. «Museum Backs 9/11 Game Exhibit | Features». Edge Online. Consultado em 27 de maio de 2013 
  29. «9-11 Survivor (2003)». Serious Game Classification. Consultado em 27 de maio de 2013 
  30. Julia Scheeres (20 de fevereiro de 2002). «Games Elevate Hate to Next Level». Wired. Consultado em 4 de fevereiro de 2010 
  31. Moore, Matthew (6 de novembro de 2008). «Suicide bomber video game condemned by terror victims». The Daily Telegraph. Consultado em 26 de maio de 2013 
  32. «The Good, The Bad, The Ugly». Game Informer. 11 (100): 17. Agosto de 2001 
  33. «Interview with Ryan Gordon: Postal2, Unreal & Mac Gaming - Macologist». Web.archive.org. 9 de março de 2005. Consultado em 21 de outubro de 2011 
  34. Schiesel, Seth (29 de outubro de 2007). «Under Glare of Scrutiny, a Game Is Toned Down». The New York Times. Consultado em 23 de julho de 2008 
  35. «'Sims' content criticized». CNNMoney.com. 28 de julho de 2005. Consultado em 12 de janeiro de 2010 
  36. Holmes, T.J.; Betty Nguyen (7 de novembro de 2007). «Transcripts - CNN Sunday Morning». CNN. Consultado em 10 de dezembro de 2008 
  37. Hung, Yee (12 de junho de 2007). «Exploiting grief; bad taste, it appears, makes money». The Straits Times. p. 1 
  38. Thompson, Clive (23 de julho de 2006). «Saving The World, One Video Game At a Time». The New York Times. p. 1 
  39. Townsend, Emru (23 de outubro de 2006). «The 10 Worst Games of All Time». PC World. Consultado em 7 de outubro de 2008 
  40. «The Punisher for PlayStation 2 (2005) MobyRank». MobyGames. 18 de janeiro de 2005. Consultado em 2 de novembro de 2012 
  41. «Case Study: The Punisher». Sbbfc.co.uk. Consultado em 2 de novembro de 2012. Arquivado do original em 20 de julho de 2011 
  42. «Games Censorship: A to Z». Refused-Classification.com. Consultado em 2 de novembro de 2012 
  43. «The Punisher for PlayStation 2 (2005)». MobyGames. Consultado em 2 de novembro de 2012 
  44. Zenke, Michael (19 de junho de 2007). «"Boobies Did Not Break the Game": The ESRB Clears the Air On Oblivion». The Escapist. Consultado em 2 de julho de 2007 
  45. «Internet Archive Wayback Machine». Web.archive.org. 13 de janeiro de 2009. Consultado em 21 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 13 de janeiro de 2009 
  46. Hayward, Andrew (29 de junho de 2007). «Mind Quiz Yanked in UK for Offensive Term». 1up.com. Consultado em 21 de outubro de 2011. Arquivado do original em 22 de junho de 2011 
  47. Musgrove, Mike (17 de agosto de 2006). «Fire and Brimstone, Guns and Ammo». The Washington Post. Consultado em 12 de setembro de 2008 
  48. Greene, Richard (14 de dezembro de 2006). «Christian video game draws anger». BBC. Consultado em 12 de setembro de 2008 
  49. Tapper, Jake; Miller, Avery (4 de dezembro de 2006). «Faith-Based Killing? Critics Rip Christian Video Game». ABC News. Consultado em 12 de setembro de 2008 
  50. Steve Butts. «IGN: Left Behind: Eternal Forces review». Pc.ign.com. Consultado em 21 de outubro de 2011 
  51. Kuchera, Ben (13 de dezembro de 2006). «Left Behind: Eternal Forces review». Ars Technica. Consultado em 21 de outubro de 2011 
  52. «GameSpy: Left Behind: Eternal Forces review». Pc.gamespy.com. Consultado em 21 de outubro de 2011 
  53. Bramwell, Tom (11 de junho de 2007). «Church of England attacks use of cathedral in PS3's Resistance». Eurogamer. Consultado em 13 de setembro de 2008 
  54. UK Politician Claims Games Feature Virtual Rape, Wired; see also RapeLay#Controversy
  55. Bramwell, Tom (15 de novembro de 2006). «Rome mayor wants game banned». Eurogamer. Consultado em 12 de setembro de 2008 
  56. Gibson, Ellie (17 de novembro de 2006). «505 Games responds to Rule of Rose controversy». gamesindustry.biz. Consultado em 12 de setembro de 2008 
  57. Martin, Matt (24 de novembro de 2006). «505 Games cans Rule of Rose». gamesindustry.biz. Consultado em 12 de setembro de 2008 
  58. «BioShock draws attention for 'killing' little girls». Gamepro. 24 de agosto de 2007. Consultado em 13 de setembro de 2008. Cópia arquivada em 10 de dezembro de 2008 
  59. Orland, Kyle (23 de agosto de 2007). «BioShock's Little Sister killing gets mainstream GFDDSFDFattention». Joystiq. Consultado em 13 de setembro de 2008 
  60. Fahey, Mike (25 de agosto de 2007). «Killing Little Girls». Kotaku. Consultado em 13 de setembro de 2008. Cópia arquivada em 10 de dezembro de 2008 
  61. «Jack Thompson Shocked by Bioshock TV Ads». GamePolitics.com. 19 de agosto de 2007. Consultado em 13 de setembro de 2008. Arquivado do original em 29 de agosto de 2008 
  62. «Blog Archive » Conservative Blogger Claims ''Mass Effect'' Offers "Customizable Sodomy"». GamePolitics.com. Consultado em 24 de março de 2009. Arquivado do original em 8 de julho de 2012 
  63. Schiesel, Seth (26 de janeiro de 2008). «Author Faults a Game, and Gamers Flame Back». New York Times. Consultado em 26 de janeiro de 2008 
  64. «Mass Effect Hits PC On May 6. Alien Sideboob Ahoy!». 7 de fevereiro de 2008. Consultado em 30 de maio de 2009 
  65. «'Spastic' video game is recalled». Metro.co.uk 
  66. «Silent Hill Aussie Ban Update». IGN. 29 de setembro de 2008. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  67. «'Muslim Massacre' computer game blasted in Britain». ABC News. 13 de setembro de 2008. Consultado em 13 de setembro de 2008 
  68. Farivar, Cyrus (20 de outubro de 2008). «Sony recalls LittleBigPlanet over Quran quote in music». Machinist: Salon.com. Consultado em 20 de outubro de 2008 
  69. «Parents horrified as most violent video game ever to launch on 'family friendly' Wii». Mail Online. 8 de dezembro de 2008. Consultado em 8 de fevereiro de 2009 
  70. a b John, Tracey (10 de abril de 2008). «Newsweek's N'Gai Croal On The 'Resident Evil 5′ Trailer: 'This Imagery Has A History'». MTV. Consultado em 12 de setembro de 2008 
  71. «Editorial: SAW Game Is Depraved And Inhumane; Konami Should Be Ashamed». Cinemablend. 28 de julho de 2009. Consultado em 7 de setembro de 2009 
  72. «Most Controversial Games of 2009». Game Daily. 8 de outubro de 2009. Consultado em 2 de novembro de 2009. Cópia arquivada em 13 de outubro de 2009 
  73. Amrich, Dan (2 de julho de 2009). «Only on Xbox 360: Left 4 Dead 2». Future Publishing. Official Xbox Magazine UK (49): 43 
  74. Ramadge, Andrew (17 de setembro de 2009). «Left 4 Dead 2 refused classification in Australia». News.com.au. Consultado em 17 de setembro de 2009 
  75. Jefferson, Willie (14 de julho de 2009). «Racism in video games: The new norm?». Houston Chronicle. Consultado em 30 de julho de 2009. Arquivado do original em 1 de abril de 2012 
  76. Kietzmann, Ludwig (28 de outubro de 2009). «New Modern Warfare: Airport Murder Simulator 2 video game glorifies terrorism». Joystiq.com. Consultado em 8 de novembro de 2009 
  77. Crecente, Brian (28 de outubro de 2009). «Modern Warfare 2 Features Skippable Scene of Atrocities - Modern warfare 2 - Kotaku». Feeds.gawker.com. Consultado em 8 de novembro de 2009 
  78. Department of the Official Report (Hansard), House of Commons, Westminster (9 de novembro de 2009). «House of Commons Hansard Debates for 09 Nov 2009 (pt 0002)». Publications.parliament.uk. Consultado em 15 de novembro de 2009 
  79. Natalie Shoemaker (11 de março de 2012). «The most controversial moments in Call of Duty history». Geek.com. Consultado em 7 de março de 2013 
  80. «Russians ban Modern Warfare 2 console versions for 'No Russian' mission - Neoseeker Forums». Neoseeker.com. Consultado em 16 de novembro de 2009 
  81. «Modern Warfare 2 Map Removed Following Controversy». IGN.com. 8 de outubro de 2012 
  82. Goodrich, Greg (1 de outubro de 2010). «Multiplayer Change | Medal of Honor — Coming October 12, 2010». Medal of Honor. Consultado em 14 de outubro de 2010. Arquivado do original em 4 de outubro de 2010 
  83. Sliwinski, Alexander (5 de outubro de 2010). «Military stores won't carry Medal of Honor despite 'Taliban' change». Joystiq. Consultado em 14 de outubro de 2010 
  84. «Iraq War video game branded 'crass and insensitive' by father of Red Cap killed in action». Dailymail.co.uk. 19 de agosto de 2009. Consultado em 21 de outubro de 2011 
  85. Cork, Jeff (20 de fevereiro de 2011). «Fox News Blogger Continues To Beat The Bulletstorm Drum». Game Informer. Consultado em 21 de fevereiro de 2011 
  86. Goulter, Tom (19 de maio de 2011). «Slow news day leads to Portal 2 adoption "controversy"». GamesRadar. Consultado em 31 de maio de 2013 
  87. Cardona, Julian; Martinez-Cabrera, Alejandro (17 de fevereiro de 2011). «Cartel video game riles U.S.-Mexico border residents». Reuters. Consultado em 21 de fevereiro de 2011 
  88. Purchese, Robert (8 de julho de 2011). «Dead Island Developer Techland Disturbed by Feminist Whore Skill». Eurogamer. Consultado em 19 de abril de 2013 
  89. Martin, David (8 de novembro de 2012). «7 Navy SEALs disciplined for role with video game». CBS News. Consultado em 11 de novembro de 2012 
  90. Dozier, Kimberly. «Pentagon cracks down on SEALs troops who spill secrets about their missions for profit». AP. Associated Press. Consultado em 9 de novembro de 2012 
  91. Dransfield, Ian. «Capcom Includes Paid DLC On The Disc, Hilariously». Play. Consultado em 16 de março de 2012 
  92. Sinclair, Brendan (16 de março de 2012). «On-Disc DLC Outrage Is Off the Mark». GameSpot. Consultado em 16 de março de 2012 
  93. Griffiths, Daniel Nye (13 de junho de 2012). «That Was Quick: Crystal Dynamics Responds On Tomb Raider Controversy». Forbes. Consultado em 14 de junho de 2012 
  94. Schreier, Jason (13 de junho de 2012). «Tomb Raider Creators Are No Longer Referring to Game's Attempted 'Rape' Scene As an Attempted Rape Scene». Kotaku. Consultado em 14 de junho de 2012 
  95. Pitcher, Jenna (25 de junho de 2013). «Saints Row 4 refused classification in Australia due to 'alien narcotics' and an 'Alien Anal Probe'». Polygon. Consultado em 15 de agosto de 2013 
  96. Pitcher, Jenna (2 de agosto de 2013). «Censored Saints Row 4 receives MA15+ rating in Australia». Polygon. Consultado em 15 de agosto de 2013 
  97. Pitcher, Jenna (5 de agosto de 2013). «Saints Row 4 in Australia barred from international co-op (update)». Polygon. Consultado em 15 de agosto de 2013 
  98. Crossley, Rob (15 de agosto de 2013). «Anger over 'rape scene' in Hotline Miami 2». Computer and Video Games. Consultado em 15 de agosto de 2013 
  99. Chalk, Andy (23 de outubro de 2013). «The Stanley Parable Maker Promises to Change "Racist" Image». The Escapist. Consultado em 22 de dezembro de 2013